Header Ads

 

Disney+: tudo que se sabe sobre as séries da Marvel após a D23 Expo


O horizonte do Universo Cinematográfico Marvel está mudando. No último fim de semana a D23 Expo viu o anúncio de mais três séries produzidas pela Marvel Studios, que serão lançadas pelo Disney+. Elas se unem às cinco já confirmadas, e tornam o futuro da Fase 4 em diante ainda mais interessante e cheio de possibilidades. O pontapé inicial será em maio do ano que vem, com o filme da Viúva Negra. Ainda vamos falar disso, e seguir analisando os filmes da Fase 4. Por enquanto, vamos ao resumão de tudo que se sabe sobre as séries do MCU após a D23.




The Falcon and the Winter Soldier


  • Estreia: segundo semestre de 2020
  • Direção: Kari Skogland (O Justiceiro, da Netflix)
  • Roteiro: Malcolm Spellman (série Empire)

Elenco:
  • Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão)
  • Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal)
  • Daniel Brühl (Barão Zemo)
  • Emily VanCamp (Sharon Carter)
  • Wyatt Russell (John Walker/Agente Americano)

A série se passa algum tempo após Vingadores: Ultimato, com Sam Wilson lutando contra o crime usando as faixas, estrelas e escudo do Capitão América. Ele conta com a ajuda de Bucky Barnes, o Soldado Invernal, e com o Barão Zemo, de volta como pedra no sapato. Sharon Carter também irá voltar, e teremos a estreia do Agente Americano, um "Capitão América invertido", pois ele é vilão.

Como não temos trailer, tudo ainda é especulação. A série será mais violenta? Mais family friendly? Os envolvidos entendem de coisas tensas e intensas. Além de Justiceiro, Kari Skogland dirigiu episódios de Handmaid's Tale. Malcolm Spellman escreveu episódios de Empire, série famosa pelas intrigas e pelas premiações. Então é a chance de termos um material mais adulto, com toques de humor "buddy cop" - quase ala Shaft. Agora se a Disney vai seguir isso, é um mistério.


Wandavision


  • Estreia: primavera (americana) de 2021
  • Direção: Matt Shakman (Game of Thrones)
  • Roteiro: Jac Schaeffer (Viúva Negra)

Elenco:
  • Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate)
  • Paul Bettany (Visão)
  • Teyonah Parris (Monica Rambeau)
  • Kat Dennings (Darcy Lewis)
  • Randall Park (Jimmy Woo)
  • Kathryn Hahn

Wandavision é uma super reunião de outros atores do MCU, mas fora isso, bem pouco se sabe sobre a série. O que se sabe é que, de forma ainda misteriosa, o Visão volta dos mortos. Ele e a Wanda irão viver a "vida do casal tipicamente americano", mas com os poderes dos dois envolvidos, isso vai ser bem... Curioso. Vale ainda registrar Teyonah Parris, que viverá Monica Rambeau já crescida, depois da personagem estrear em Capitã Marvel.

O mais empolgante da série é a ligação com Doutor Estranho: no Multiverso da Loucura. O grau desse crossover ainda é um mistério, mas só de existir é bastante promissor. Matt Shakman dirigiu episódios de Dr. House, Game of Thrones e Men in Trees, uma série muito boa. Aí você traz a Jac Schaeffer, que co-escreveu o roteiro de Capitã Marvel. E é dela o roteiro do filme da Viúva Negra, então aguenta coração.

Loki


  • Direção: Kate Herron (Sex Education)
  • Roteiro: Michael Waldron (HarmonQuest)
  • Elenco: Tom Hiddleston (Loki)

Loki é um caso bem particular, pois a série pode ser a primeira propriedade do MCU situada numa linha do tempo totalmente diferente. Sabe-se que a série mostra diretamente após Loki roubar o Tesseract em Vingadores: Ultimato, mas ninguém sabe o que o deus da trapaça vai fazer dessa vez. Ou com quem ele vai trombar.

Os envolvidos dão um tom bem peculiar ao projeto. Kate Herron dirigiu episódios de Sex Education, série de comédia e drama com Asa Butterfield, e Michael Waldron produziu episódios de Community e Rick and Morty - dois hits do universo da comédia. Sabe outra dupla mais ou menos famosa que trabalhou em Community e veio parar no MCU? Os irmãos Joe e Anthony Russo, que dirigiram juntos um total de 35 episódios da série.


What If...?


  • Estreia: segundo semestre de 2021
  • Direção: Bryan Andrews (Arranha-Céu: Coragem Sem Limite)
  • Roteiro: A.C. Bradley (Arrow)

Elenco:
  • Jeffrey Wright (Uatu, o Vigia)
  • Hayley Atwell (Peggy Carter)
  • Michael B. Jordan (Erik Killmonger)
  • Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal)
  • Josh Brolin (Thanos)
  • Mark Ruffalo (Bruce Banner/Hulk)
  • Tom Hiddleston (Loki)
  • Samuel L. Jackson (Nick Fury)
  • Chris Hemsworth (Thor)
  • Chadwick Boseman (T'Challa/Pantera Negra)
  • Karen Gillan (Nebulosa)
  • Jeremy Renner (Clint Barton/Gavião Arqueiro)
  • Paul Rudd (Scott Lang/Homem-Formiga)
  • Michael Douglas (Hank Pym)
  • Neal McDonough (Dum Dum Dugan)
  • Dominic Cooper (Howard Stark)
  • Sean Gunn (Kraglin Obfonteri)
  • Natalie Portman (Jane Foster)
  • David Dastmalchian (Kurt)
  • Stanley Tucci (Abraham Erskine)
  • Taika Waititi (Korg)
  • Toby Jones (Arnim Zola)
  • Djimon Hounsou (Korath)
  • Jeff Goldblum (Grão Mestre)
  • Michael Rooker (Yondu)
  • Chris Sullivan (Taserface)

A primeira animação produzida pela Marvel Studios terá pelo menos um episódio para cada filme do MCU. Dá para ver isso pelo elenco, com atores que aparecem nos filmes. Um dos episódios já está confirmado, e traz uma história muito boa, que apareceu (se não me engano) pela primeira vez no jogo Marvel Puzzle Quest: e se ao invés do Steve Rogers, a Peggy Carter tomasse o Soro de Super Soldado? Assim nasce a Capitã Britânia.

Os what ifs são famosos na Marvel Comics, então é uma boa sacada para transformar em animação. Se elas terão uma pegada mais Disney XD, ou mais Marvel Studios, só o tempo vai dizer. Os envolvidos, entretanto, são relevantes. Bryan Andrews é prata da casa, experiente com storyboards que incluem Doutor Estranho, os três Vingadores e Capitã Marvel - resumindo o currículo. 

A.C. Bradley tem uma carreira modesta, mas focada no ponto certo. Além de ter escrito um episódio de Arrow, ele trabalhou nos roteiros das séries animadas Os 3 Lá Embaixo: Contos de Arcadia e Caçadores de Trolls: Contos de Arcadia. Ou seja: ele sabe como funciona o universo de animações.


Hawkeye


  • Estreia: segundo semestre de 2021
  • Direção: a definir
  • Roteiro: a definir
  • Elenco: Jeremy Renner (Clint Barton/Gavião Arqueiro), a definir (Kate Bishop/Gavião Arqueiro)

Um dos sobreviventes mais  polêmicos de Vingadores: Ultimato, pouco se sabe sobre a série do Gavião Arqueiro. Por enquanto o que se sabe é que ele aparecerá treinando Kate Bishop - cuja atriz  ainda não foi anunciada - para eventualmente passar adiante o manto de Gavião Arqueiro.

Ms. Marvel


  • Direção: a definir
  • Roteiro: Bisha K. Ali (série Four Weddings and a Funeral)
  • Elenco: a definir

A primeira nova série anunciada na D23 será uma muito importante! Kamala Khan, a Ms. Marvel, é um marco por ser a primeira heroína muçulmana a ter sua própria HQ. Na série, veremos Kamala na sua adolescência, vivendo em Jersey City, nos EUA. Por enquanto isso é tudo que se sabe sobre a série.

Cavaleiro da Lua


  • Direção: a definir
  • Roteiro: a definir
  • Elenco: a definir

Marc Spector é judeu, e vive a vida como boxeador, fuzileiro naval e mercenário. Numa missão, em busca do templo do deus egípcio Khonshu, as coisas dão errado, e Marc é gravemente ferido. Onde ele vai parar? Exatamente no templo, salvo pelos egípcios. Quando seu coração para, Khonshu surge numa visão, e oferece a Marc a chance de ser o seu avatar na Terra, e ele aceita. Ninguém sabe como a série vai contar a história do Cavaleiro da Lua, mas desde que Jon Bernthal tornou-se o Justiceiro, muita gente pensou quando, ou se, veríamos o personagem em live-action.

She-Hulk


  • Direção: a definir
  • Roteiro: a definir
  • Elenco: a definir

A advogada Jennifer Walters é vítima de uma tentativa de assassinato, sobre uma lesão, e recebe a transfusão de sangue do seu primo, Bruce Banner, em caráter de emergência. Com isso ela adquire a condição de Hulk, mas numa versão mais branda, onde ela mantém a personalidade, inteligência e controle emocional. Ainda assim, se a personagem ficar com raiva, ela fica mais poderosa - claro. Ninguém sabe como a série vai contar a história da She-Hulk, exceto pela posssível aparição do Mark Ruffalo, o que seria mais do que justo. E até obrigatório, dado contexto.

Lista traduzida e adaptada do ComicBook.com

Sobre Bruna

Publicitária. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Se a Bahia fosse um anime, Ivete Sangalo seria a protagonista.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.