Header Ads

 

Team Empire vence revanche contra G2 Esports e conquista o título do Six Major Raleigh

O topo do cenário competitivo de Rainbow Six Siege tem um novo dono. Neste domingo (18), a Team Empire venceu a G2 Esports por 3 a 1 e conquistou o título do Six Major Raleigh, disputado na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. O troféu consolidou a força da equipe russa, que interrompeu a hegemonia da rival europeia em torneios internacionais. 

A partida foi uma reedição da grande final do Six Invitational 2019, disputado em fevereiro, que terminou com vitória da G2. Desta vez, a ‘Máquina Russa’ se mostrou mais preparada e contou com uma exibição impecável para encerrar a dinastia da equipe mais vitoriosa da história do Rainbow Six Siege, liderada por“Fabian”Hällsten.

O título rendeu à Empire o valor de US$ 200 mil, de uma premiação total de US$ 500 mil. Além da decisão do torneio, os fãs puderam acompanhar um painel exclusivo que trouxe novidades sobre o competitivo da modalidade, além de todos os detalhes sobre a Operação ‘Ember Rise’, mais nova atualização do jogo. O público acompanhou todas as emoções do Six Major Raleigh nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTubealém da grande final no SporTV.

Em uma semana repleta de grandes jogos e exibições, o Brasil marcou presença. O país foi representado por três das melhores equipes do cenário nacional. O destaque ficou para a FaZe Clan, que teve a sua participação interrompida na sexta-feira (16), durante as quartas de final, quando foi derrotada por 2 a 1 pela própria Empire em uma partida de tirar o fôlego. MIBR e Ninjas in Pyjamas também estiveram na disputa, mas foram eliminadas de maneira precoce, na fase de grupos.
  
Algoz da FaZe, a Empire mostrou que veio para ficar. Nesta última semana, os russos chamaram a atenção dos fãs da modalidade com sua frieza, talento e disciplina tática. A conquista diante da multicampeã G2 no Six Major Raleigh coroou uma temporada brilhante da equipe. Em maio, o time de Daniil “JoyStiCK” já havia levantado o troféu da nona temporada das finais mundiais da Pro League, em Milão.

O jogo

O time, formado por Artur “ShepparD”, Danila “dan”, Daniil “JoyStiCK”, Eugene “karzheka” e Dmitry “Scyther”, mostrou que não estava para brincadeira logo no primeiro mapa da decisão, Fronteira. Formada por Niclas "Pengu", Daniel "Goga", Fabian "Fabian", Juhani "Kantoraketti", Aleksi "UUNO", a G2 foi anulada e não conseguiu encaixar seu estilo de jogo. Resultado: 7 a 5 e vantagem para a Empire.

Já no mapa Kafe Dostoyevsky, os atuais campeões do Six Invitational melhoraram o seu desempenho e, com muita agressividade, equilibraram as ações. Com ótimas jogadas e um confronto de alto nível, a partida se encaminhou para o overtime (prorrogação) com ambos os times trocando rodadas. No momento decisivo, brilhou a estrela de Goga que deu a vitória por 8 a 6 à G2 e empatou o confronto.

Nos dois mapas seguintes, a ‘Máquina Russa’ levantou o público com um show de R6. No mapa Casa de Campo, a Empire manteve uma estratégia bem definida, para medir forças com o talento adversário, e frieza ao ter o ponto decisivo do mapa em suas mãos e definir a vitória por 7 a 5. No Litoral, a G2 até se impôs no início para abrir três pontos de vantagem, porém, em uma recuperação incrível, o time do imparável JoyStiCK venceu sete rodadas seguidas, confirmou a vitória por 3 a 1 e se sagrou campeã do Six Major Raleigh.

Desempenho brasileiro

O Brasil contou com três representantes na Carolina do Norte. A equipe que chegou mais longe foi a FaZe Clan, eliminada pela campeã Empire em um duelo épico, que levou os fãs de Rainbow Six à loucura. Na sexta-feira (16), o time comandado por Rafael “mav” lutou, mas não conseguiu superar a tática russa.

Depois de perder o primeiro mapa da disputa, os brasileiros reagiram e com grande atuação coletiva emplacaram uma vitória por 7 a 1 no mapa Casa de Campo para empatar o jogo. No terceiro e último embate, o equilíbrio persistiu e as duas equipes trocaram rodadas até que a Empire chamou a responsabilidade para si e decidiu a partida nos detalhes.

Tanto MIBR como Ninjas in Pyjamas foram eliminadas de forma precoce. O time comandado por Bullet1, até começou bem com uma vitória sobre a Nora-Rengo, mas foi superado nos dois jogos seguintes diante de Team Empire e TSM e foi eliminado. A NiP, por sua vez, teve boas exibições, porém encerrou sua participação com duas derrotas (Evil Geniuses e Vodafone Giants).

Pilot Program, Operação “Ember Rise” e Passe de Batalha

Neste domingo (18), durante o painel exclusivo de esports, a Ubisoft revelou as equipes de todas as quatro regiões da Rainbow Six Pro League que participarão da segunda fase do Pilot Program, projeto de compartilhamento de receitas que está ajudando a empresa a moldar um ambiente mais profissional para o Rainbow Six Siege. São elas: Evil Geniuses, Rogue, Spacestation Gaming, FaZe Clan, INTZ, Team Liquid, MIBR, G2 Esports, Na’Vi, PENTA Sports, Team Empire, Fnatic, Nora Rengo e Cloud9.

Os jogadores de R6 também puderam saber mais sobre a Operação Ember Rise, que trouxe dois novos operadores ao jogo, além de uma reformulação no mapa Kanal. Goyo será um operador de defesa, que pode utilizar seus Escudos Volcán para criar coberturas estratégicas, além de atrapalhar o avanço adversário. Já Amaru, operadora de ataque, usará o seu Gancho Garra para subir rapidamente em telhados, janelas, alçapões abertos e claraboias.

A grande novidade ficou por conta do lançamento do Passe de Batalha do Rainbow Six, que irá recompensar jogadores de acordo com seu avanço dentro do game. No Ano 4, ele será dividido em duas fases. A primeira delas estará disponível durante a Operação Ember Rise e será gratuita, com recompensas e tiers.

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.