Header Ads

 

FaZe Clan e Team Liquid buscam título inédito para o Brasil na DreamHack Montreal 2019

Após o fim do Six Major Raleigh e uma pausa no cenário competitivo, o público volta as atenções para outro torneio de Rainbow Six Siege. Trata-se da DreamHack Montreal, que acontecerá entre os dias 6 e 8 de setembro, no Canadá. Com o prêmio total de 75 mil dólares em disputa e uma vaga para o Six Invitational 2020, o campeonato contará com duas das principais equipes brasileiras: FaZe Clan e Team Liquid. Finalistas da última edição do Brasileirão, elas terão, agora, a missão de conquistar o troféu para o país pela primeira vez.

A competição terá 16 equipes. Doze delas foram convidadas e já são conhecidas pelo público. As quatro vagas restantes serão de times classificados através do BYOC (Bring Your Own Computer), em que os jogadores levam seus próprios equipamentos para a seletiva. Divididas em quatro grupos, as duas melhores de cada um avançam para a próxima fase. As partidas serão jogadas no formato MD3 e o campeão do torneio levará para casa 30 mil dólares, além de uma vaga para o Invitational do ano seguinte.
Disputada no Canadá, esta será a primeira vez que a DreamHack contará com duas equipes brasileiras. No ano passado, a Ninjas in Pyjamas foi a primeira representante do país no torneio, em Valência. Depois, foi a vez de Team Liquid, na Suécia, e BootKamp Gaming, em Montreal, tentarem o título para o Brasil. Em 2019, a FaZe Clan participou da edição em Valência, quando conquistou o terceiro lugar.
Marcio Canosa, diretor de Esports da Ubisoft para América Latina, falou sobre a importância da participação dos dois times brasileiros: “A DreamHack é uma ótima oportunidade para as equipes do país mostrarem seu potencial contra alguns dos principais times do mundo. Espero que Team Liquid e FaZe Clan consigam brilhar em Montreal, assim como fizeram na Game XP durante a final do Brasileirão, e reafirmem a nossa força dentro do cenário mundial de Rainbow Six Siege”.
A DreamHack Montreal 2019 será transmitida ao vivo, a partir de sexta-feira (6), nos canais oficiais do Rainbow Six Esports (em inglês) no Youtube e na Twitch, além dos canais dos Community Casters da ESL: SepZeraTaffsXMoska1m e oJGz, além do canal oficial do ex-pro player e youtuber Zigueira.
Presente na edição ‘Winter’, em Jönköping, na Suécia, a Team Liquid passou de fase em segundo lugar após perder na estreia e se recuperar com duas vitórias. Nas quartas de final, a Cavalaria foi eliminada pela poderosa G2 Esports, que mais tarde se tornaria a campeã daquele torneio. Em um embate acirrado, os europeus superaram o time brasileiro pelo placar de 2 a 1. 
Agora, ambos estão no grupo A, junto com os norte-americanos da Luminosity Gaming e uma equipe que se classificará por meio do BYOC. Em sua estreia, a Liquid enfrenta a LG e, caso os brasileiros tenham o mesmo resultado que a G2 (vitória ou derrota), acontecerá, na sequência, uma reedição do duelo realizado na Suécia. Seria a chance da equipe devolver o resultado anterior e seguir ainda mais motivada em busca do título inédito da DreamHack.
Representante brasileira na última edição da DreamHack, disputada em julho deste ano, em Valência, a FaZe Clan é dona do melhor desempenho do país na competição. Após ser a líder do grupo D com duas vitórias, o time de Astro derrotou a PENTA nas quartas de final, mas tropeçou diante a Looking For Org, na semifinal. Porém, eles não se abateram, venceram a finlandesa ENCE e conquistaram o terceiro lugar, melhor marca do Brasil na história do torneio.
Agora, cameram4n e companhia querem o lugar mais alto do pódio e a vaga para o Six Invitational 2020. Para isso, terão que passar pelo grupo C, composto por um dos times classificados do BYOC - adversário dos brasileiros na estreia - e duas equipes norte-americanas: Team SoloMid e Susquehanna Soniqs. 
Com as duas melhores campanhas do BR6 2019 e protagonistas de uma final eletrizante, com mais de cinco de horas de duração, que acabou com triunfo da Team Liquid por 3 a 2, os dois times mostraram a força que têm. Na DreamHack, a expectativa é de que prossigam com atuações de alto nível para colocar o Brasil no topo do cenário competitivo.
Confira os grupos:
Grupo A
Team Liquid (América Latina)
Luminosity Gaming (América do Norte)
G2 Esports (Europa)
BYOC

Grupo B
Evil Geniuses (América do Norte)
Father’s back (Ásia-Pacífico)
DarkZero Esports (América do Norte)
BYOC

Grupo C
FaZe Clan (América Latina)
Team SoloMid (América do Norte)
Susquehanna Soniqs (América do Norte)
BYOC

Grupo D
Team Reciprocity (América do Norte)
Spacestation Gaming (América do Norte)
Chaos Esports (Europa)
BYOC

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.