SPOILERS de "Tell me the Truth", episódio de Batwoman

Batwoman introduziu aos fãs no último domingo (17) um novo personagem bem interessante: Julia Pennyworth. Exatamente: Julia é a filha de Alfred, o eterno fiel mordomo do Batman, e na série ela é vivida por Christina Wolfe (The Royals). Julia e Kate Kane (Ruby Rose) se conhecem de outros tempos, pois as duas tiveram um caso quando Kate viajou o mundo. Agora, qual é a origem de Jullia Pennyworth nos quadrinhos? Eu tenho a resposta.


A primeira versão


Julia Remarque, a primeira versão da personagem, apareceu na edição #501 da Detective Comics (1981). Filha de Alfred Pennyworth e da heroína francesa Mademoiselle Marie, Julia foi criada por um amigo de Marie. Por isso, inicialmente ela não fazia ideia que Alfred era seu pai, e ao invés disso pensava que ele havia matado sua mãe. Julia chegou a ter um relacionamento com Bruce Wayne, mas essa versão foi apagada da existência após a Crise nas Infinitas Terras.

A segunda versão


A versão de Julia Pennyworth na qual Batwoman parece pego mais inspiração, apareceu na edição #28 de Batman Vol. 2 (2014). Antes de trabalhar para Bat Família, essa Julia chegou a ser agente do Regimento Especial de Reconhecimento. Ela também ajudou a Batwoman a rastrear e impedir o avanço da arma bioquímica Moster Venom, e caçar o Many Arms of Death.

O grupo terrorista era dito como responsável pela compra e distribuição da arma, além de outras armas. E um de seus membros apareceu em "Tell Me the Truth": The Rifle (Garfield Wilson). Ele inclusive parece dizer durante o episódio nome Safiyah Sohail, personagem mega relevante para Kate Kane. A Many Arms of Death, vale lembrar, é mega relevante na origem de Alice/Beth Kane.


Batwoman retorna no dia 1 de dezembro com o episódio "A Mad Tea-Party"