Frozen 2 estreou nos EUA na última sexta-feira (22), e a bilheteria do primeiro fim de semana foi sucesso total. A sequência faturou US$ 350 milhões globais, tornando-se a animação mais lucrativa lançada em novembro, e a quinta maior estreia do mês no geral - animação ou não. Com a marca, o longa superou os US$ 125 milhões de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 (2010).


No mercado internacional, Frozen 2 estreou arrecadando US$ 223.2 milhões - mais da metade do valor da bilheteria global. A China liderou o caminho com US$ 53 milhões, seguida pela Coreia (US$ 31.5 milhões), Japão (US$ 18.2 milhões), Reino Unido (US$ 17.8 milhões), Alemanha (US$ 14.9 milhões), França (US$ 13.4 milhões), México (US$ 9.3 milhões), Indonésia (US$ 6.2 milhões), Filipinas (US$ 6.1 milhões) e Espanha (US$ 5.8 milhões). 

No próximo fim de semana, Frozen 2 desembarca na Itália, Rússia, Austrália, Grécia, Nova Zelândia, Trinidad, Chile e Venezuela. Já a passagem pelo Brasil vai demorar mais. Por aqui o filme da Disney chega apenas em 2 de janeiro do ano que vem. E a recepção inicial vai deixar os brasileiros ainda mais ansiosos: o filme ganhou nota A- no CinemaScore, o que é bastante. No Rotten Tomatoes, Frozen tem no momento 75% de Tomatometer, e 93% de aprovação da audiência.