Em mais um grande evento, a Xiaomi, quarta maior fabricante de smartphones do mundo, inaugurou sua segunda loja em São Paulo, localizada no Shopping Center Norte. A ação contou com fila extensa ao longo de todo o fim de semana e registro de mais de 8 mil visitantes. Os fãs da marca tiveram a oportunidade de concorrer por meio de gincanas divertidas.



Entre os destaques em promoções, 50% de desconto para a pulseira Mi Smart Band 3, que foi comercializada por apenas R$ 99, além do projetor Mi Laser Projector 150", que também estava pela metade do preço. Toda a loja contava com desconto de 10%. Para quem tinha interesse em conhecer o Mi Electric Scooter, o patinete elétrico mais vendido do mundo, a Xiaomi organizou em um espaço externo um circuito para que os visitantes pudessem se aventurar com a novidade.

Rodrigo dos Santos, de 23 anos, primeiro a chegar na fila na quinta-feira (21), pela manhã, não disfarçava a alegria em fazer parte de mais um marco para a Xiaomi no Brasil. “Desde que soube que a marca estava para chegar ao país tenho consumido produtos deles. Já tenho um Mi 9T, uma Mi Smart Band 4, entre outros itens. O sacrifício de passar noites na fila para acompanhar as novidades é sempre válido”, destaca o fã, que além de ser presenteado com um smartphone Redmi Note 8 Pro, também participou do corte da fita que celebrou a abertura oficial da loja.

A inauguração faz parte do plano de expansão da marca, que já contava com uma unidade localizada no Shopping Ibirapuera, inaugurada em junho. Para 2020, a previsão é que mais lojas sejam abertas e não somente em São Paulo, mas também em outras cidades e Estados.

“Os nossos fãs sempre nos questionam onde abriremos lojas. Temos registros do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, dentre outras importantes capitais nacionais. O nosso objetivo é que possamos ampliar nosso mix de produtos gradativamente, acompanhando essa expansão que desejamos colocar em prática”, aponta Luciano Barbosa, Head do projeto Xiaomi Brasil.