Olá, tudo bem? Sextou diferente hoje e você (ainda) não está louco o suficiente para pensar que a quinta trocou de dia. Como houve o Prêmio Esports Brasil, e assim como ocorreu com outros eventos que caíram na quinta, eu decidi esperar (olha que sancto) para comentar sobre, no entanto, o assunto do salve estava martelando. Vamos falar sobre o salve e depois direi algo sobre a premiação ou alguma coisa estará aqui clicável futuramente.

O preço do carinho de um ídolo

Talvez para algum o "Mando salve por R$xx,xx" esta sendo visto apenas como um meme, uma brincadeirinha sadia tá ok, ou algo do gênero, no entanto meu bacano a "iniciativa" é real conforme anunciada pelo site da Exame. a dupla responsável pela plataforma (pois faz um tempo que deixaram de ser só site) Jovem Nerd resolveu criar uma pequena empresa, desculpa startup se não alguns da área não entendem (desculpa, ando revoltado no fim de ano), para essa área da qual se forçou criar uma demanda?

Eu tenho algumas visões mais "simplistas" sobre alguns pontos do mundos dos negócios do quais geralmente geram um leve atrito, por muitas vezes, de fato mostrar de uma maneira mais simples como explicar algo e as pessoas entenderem sem precisarem ficar anos estudando administração ou gestão.

E no caso de demanda eu acredito que muitas vezes quem tem poder demais para investir, e/ou, influenciar massas, essas pessoas conseguem sim criar uma demanda/necessidade de consumo da qual não existia ou as pessoas gostariam que existisse. É o caso aqui do Manda Salve ao meu ver, e com alguns asterisco que espero explicar bem de forma escrita.

Você sempre quis meu salve, só não sabia que...

Ok talvez eu deva admitir que esse salve eu pagaria

... talvez estivesse disposto a pagar por isso. A ideia da plataforma de forma simples é isso ai, escolha uma web (sub) celebridade e ganhe uma mensagem lida por ela. Se pensar que alguns podem pegar para sí, fica um pouco estranho mas respeitamos o que cada faz com seus ativos privados, óbvio. No entanto receber como presente pode ter seus efeitos.

Imagine um amigo seu que goste muito de alguém da web e nunca teve a oportunidade, ou a sorte em eventos, de encontrar esse ídolo. Então imagine que um dia ele ganha um vídeo com o ídolo enviando uma mensagem, consegue imaginar a reação? Você pode proporcionar isso se concorda com esse serviço criado.

Mas eu entendo se você não quer um serviço desse...


... por outro lado também existe muito valor, não monetário, quando conseguimos encontrar alguns ídolos e registrar o momento e/ou até mesmo tê-lo gravando uma mensagem para você. É algo que tende a ser uma experiência mais natural em eventos que permitem encontros e que não restrinjam demais as permissões do "encontre e cumprimente".

No ano passado eu consegui alguns salve de gente que curto/acompanho suas carreiras e foi algo muito, mas muito bom. Começando uma dupla um pouco famosa, eu não sei caso adquirisse o carinho pago, a quanto isso poderia chegar. Quanto você estima que dupla vale pelo salve?





Ou ainda no mesmo evento, e provavelmente foi no mesmo dia, muito ao acaso andando pelos corredores aquele esbarrão mais imprevisível que algumas cenas de anime, quando encontrei ela:


No entanto no meio dessa discussão que tomou conta da semana existe um importante detalhe, que ao meu humilde ver, a galera esqueceu (ou não viu ou deu aquele fod...) e esse detalhe tem dois pontos que é.

Mande o salve e ajude o GRAAC

"O maluco gastou R$300 num salve pqp / Uma parte vai pra caridade"

Por mais que possa ser controverso (especialmente quando vemos na lista uma galera que ataca o capitalismo quando esse demonstra outros meios de fazer ativos na conta) o Manda Salve o que me chamou a atenção na plataforma, depois de ficar perplexo com alguns nomes sendo tratados como celebridades, foi que a parte da caridade. Esse me dividiu mais uma vez e explico.

Considero um ponto muito positivo esse lado que uma parte do valor cobrado pelo salve é destinado para o GRAAC, entretanto meu bacano, ai temos outro ponto que direi curioso pois já teve muito controverso ao longo do texto.

Eu olhei alguns nomes que eu conheço, que eu gosto do trabalho e até mesmo um que eu parei de acompanhar por não curtir mais o trabalho que vem fazendo. E nisso temos:


  • Léo Lins
  • CamilotaXP
  • Jacaré Banguela
  • Pablo Miyazawa


Começando pelo Pablo que foi uma pessoa que na minha infância me fez querer um dia trabalhar na redação das revistas de video game, e desde que assumiu a IGN Brasil a sua forma de comandar a redação me afastou do seu trabalho, do valor do salve dele temos 5% revertido pra caridade.

A jovem Camilota também tem o valor do seu salve com 5% para a instituição e o rei do bulliyng art, Léo Lins, tem a mesma porcentagem. O curioso que ai temos uma escala que os valores do serviço vão subindo, mas foi de Rodrigo Fernandes que me chamou a atenção.


Honestamente vejo que ele sempre tenta e parece ficar sempre batendo na trave para suas ideias decolarem mais forte ultimamente, e abraçando (talvez pelo caminho equivocado) o título de operário da comédia, ele tem a maior porcentagem revertida pro GRAAC.

Talvez mais um marketing para ter mais solicitações? Pode ser que sim, e com 100% revertido para o GRAAC (quando olhei o perfil dele na primeira vez eram 75%) acaba sendo um pequeno lado muito bom de adquirir o serviço e ver o Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer tendo mais recursos para realizar seu trabalho :')

#FBF

Essa semana bateu saudades de algumas coisas. A palavra saudades não existe em muitos idiomas e para poder explicar o sentimento para as pessoas nesses países, é muito comum as pessoas mostrarem essa foto:



Como a imagem de Yu Yu Hakusho é pesada a recordação será com a abertura, original e a brasileira, para embalar um empolgante final de semana sancto pré Natal.

Apenas desfrute de uma obra que mexeu conosco nos anos 1990:



Até a próxima ou até 2020 ...