O Youtube está fazendo mudanças importantes na forma de moderar conteúdo que mostre violência em jogos. Começando na segunda-feira (2), a companhia passará a tratar a violência "simulada" dos jogos da mesma forma que a TV lida com a violência em filmes e séries.

Padre do Vaticano cria servidor de Minecraft; saiba mais

É isso. Você acaba de ver o Youtube acertando ao estilo "fez uma pra Deus veer"

Segundo a empresa, a mudança significa que menos vídeos de jogos no YouTube terão restrição de idade, permitindo que os mesmos sejam publicados e vistos por mais pessoas. Entretanto, o Youtube destaca que ainda poderá restringir vídeos onde o conteúdo seja realmente gráfico - como pessoas sendo desmembradas ou decapitadas, e corpos seriamente feridos. Além disso, o Youtube continuará restringindo vídeos onde o foco esteja no próprio conteúdo violento.

"Sabemos que há uma diferença entre violência no mundo real e a violência roteirizada ou simulada - como o que você vê em filmes, séries de TV ou videogames", diz a empresa numa de suas páginas de suporte. "Por isso, queremos garantir que estamos aplicando nossas políticas de conteúdo violento ou gráfico de forma consistente".

O YouTube sinalizou que estaria trabalhando em uma nova política para videogames no fim do mês passado. Na ocasião, a CEO Susan Wojcicki disse que estava procurando por empresas dispostas à anunciar em conteúdo mais ousado. Nesse sentido, vale registrar que não mudaram as diretrizes de conteúdo adequado para anunciantes. Desta forma, vídeos que mostram alta dose de violência ainda serão amplamente desmonetizados.