Não era fanfic! Nesta segunda-feira (6) foi mesmo lançado o trailer de Novos Mutantes, o primeiro desde o teaser trailer que saiu há dois anos. No filme, um jovem grupo de mutantes tenta escapar do local onde eles estão para "melhorar seus poderes", mas que é tudo menos isso. O filme promete uma pegada de terror, mostrando um lado ainda mais sombrio dos X-Men. Como a Pessoa que Vos Fala™ estava bem na expectativa por esse trailer, vamos conversar um pouco sobre o dito cujo.

Globo de Ouro: Joaquin Phoenix vence como melhor ator; veja lista de vencedores




Um pouco de contexto


Ao todo, Novos Mutantes teve a estreia adiada quatro vezes. Uma delas aconteceu por causa da Disney, que comprou a 20th Century Fox no ano passado. Correu a conversa de que esse seria o último filme dos X-Men pela Fox, mas tecnicamente esse foi Fênix Negra. Falaram até que o filme não sairia nos cinemas, ao invés disso indo direto para o streaming no Hulu. No fim do dia, a data de estreia de 3 de abril nos cinemas continua de pé. Bem que poderia ser primeiro de abril, heh.

Novos Mutantes traz no elenco Anya Taylor-Joy (Magia), Maisie Williams (Lupina), Henry Zaga (Mancha Solar), Charlie Heaton (Míssil) e Blu Hunt (Miragem). O roteirista é Knate Lee, que assina o roteiro de O Sequestro - um filme excelente que eu recomendo. A direção é de Josh Boone, que também comandou o sucesso A Culpa é das Estrelas. (Esse já não faz o meu tipo de filme)

O novo trailer é bom?


Sim, e bastante. O que eu adoro em Novos Mutantes é explorar o gênero mais ignorado pelos filmes de heróis: o terror. Pelo trailer fica difícil dizer se o longa inteiro terá elementos de terror, ou se vai mesmo atolar o pé na jaca, sendo um terror mais hardcore (por assim dizer). O diretor já disse que o filme não será para menores, e isso deixou a minha curiosidade nas alturas. Não fosse Coringa, o Cinema Nerd™ não ofereceria um filme desafiador há tempos.

O trailer me fez lembrar de Legion, série do FX que falou dos mutantes e também não seguiu dentro da curva. Legion nunca teve medo de abraçar o bizarro, o psicodélico, até uns momentos terror-escos aqui e ali. Eu realmente espero que se for para ser "nerdice só para grandinhos", que Novos Mutantes não tenha medo de fazer o que for preciso. Agora, sendo um filme vistoriado pela Disney: será que vai conseguir isso?

Desde Deadpool, e agora com Coringa, o cinema viu que nerdice para maiores rende. A questão, é: ser feita do jeito certo - honesto, e não pela vontade simples de causar e chocar. Será que podemos dizer isso de Novos Mutantes? O filme passou, ou dizem que passou, por muitas refilmagens, o que é comum no cinema. É sabido, entretanto, que o raio de Rogue One -que passou pela mesma coisa e foi sucesso- nem sempre cai duas vezes no mesmo lugar.

Outra coisa que eu curti


A paleta de cores. É bem escura, o correto para um filme de elementos sombrios. Entretanto, ela não é ilegível, como por exemplo costuma ser a paleta dos filmes da DC Comics pré-Mulher Maravilha (Batman v Superman não me deixa mentir). É uma paleta de cores que imerge você no momento e não tira você do momento, pelo simples fato de que você não consegue enxergar o que acontece na tela.

O detalhe complicado


Eu soube pelo Twitter que Novos Mutantes sofreu mudanças significativas nos personagens, como personagens negros trocados por brancos, e a ausência da Karma. Por que isso importa? Ela é uma das fundadoras do grupo, lésbica e asiática. Quando você lembra do histórico da Disney, entretanto, infelizmente não se espanta. A companhia está mantendo o retrospecto de pouca diversidade. 

Então eu fico dividida: parte de mim quer que Novos Mutantes dê certo, pois é uma ideia muito boa que tem tudo para ser sucesso. É o filme de uma marca conhecida (X-Men) com uma roupagem que é a nova moda de Hollywood. Agora, tem esse detalhe complicado que fica difícil de ignorar.