Voltamos! Com um leve atraso, sim, pois 2020 começou naquele pique torto pra esquerda. Num dia, tudo em paz. No outro, eu e meus pais contraímos a Famosa Virose™, daí o ano que mal começou, ficou muito mais lento e dolorido. E irritante. É (também) por isso que você está vendo o Waka mais esses dias: ele começou o ano no 220v, e eu tô um trapo. Hoje temos Play, entretanto. O primeiro do ano!

Em janeiro a gente vai curtir uns sons motivacionais, e começamos com "Bota pra Ferver" da Ivete Sangalo. Ivete de novo, Bruna? Pois é. Eu adoro Ivete, esse ano ela solta música nova, e os Plays com Veveta sempre rendem. Então por que mexer no time que está ganhando? Não vamos, haha. O que a gente vai fazer é isso: puxar Bota pra Ferver pro nosso janeiro de músicas motivacionais.

Como foi o seu fim de ano? Aqui foi tranquilo, até. Os shows da Ivete que passaram na TV eu assisti, claro. Foi mega simbólico essa música encerrar 2019 na Virada Salvador, pois na reta final ela ficou no loop aqui no Spotify. Chocando zero pessoas, todas as versões de Bota pra Ferver são ótimas. A de estúdio, o ao vivo do Maracanã, do acústico de Trancoso.

A versão de Trancoso, vale registrar, é um Asa Branca meets Pink Floyd muito doido. Não é? Já era: eu canonizei assim, heh. Me chame de maluca, pois não seria a primeira vez: eu sinto que a versão do Maraca tem o mesmo pézinho de Pink Floyd.

E muito além desses meus delírios individuais, Bota pra Ferver é o sentimento que eu quero cultivar em 2020: ferver o rio de lágrimas que foi 2019, porque não foi pouca coisa. Como eu disse na retrô final do ano passado, foi um momento da vida onde eu me senti bem pra baixo, e a vontade de largar tudo que eu gosto, ou posso ter feito de bom, bateu. Meu estado mental tava bem lixão, mas esse ano vamos tentar driblar isso ao máximo. Simbora.



Letra

No céu azul, destino das estrelas
Onde o vento sentiu a cor
A vida
Bota pra ferver

Sabor de mel
Tempero de perfume
Sou louco por você
Mas vida
Bota pra ferver

Nessa constelação de luz néon
Herança de um batom cor de maçã
Gritei pro céu
Oio oio oio ...

Agora a nave-mãe vai decolar
Eu já não posso mais te dar a mão
Fiquei pinéu
Oio oio oio ...

Eu disse

Bota pra ferver
O caldeirão do amor
Bota pra ferver
A ilusão, na dor
Bota pra ferver
Um rio de lágrimas

No céu azul, destino das estrelas
Onde o vento sentiu a flor
A vida
Bota pra ferver

Sabor de mel
Veneno de perfume
Sou louco por você
Mas vida
Bota pra ferver

Nessa constelação de luz neon
Herança do batom cor de maçã
Gritei pro céu
Oio oio oio ...

Agora a nave-mãe vai decolar
Eu já não posso mais te dar a mão
Fiquei pinéu
Oio oio oio ...

Bota pra ferver
O caldeirão do amor
Bota pra ferver
A ilusão, na dor
Bota pra ferver
Um rio de lágrimas