Foi dada a largada no Primeiro Split do Circuito Desafiante de League of Legends e esse ano a disputa tende a ser ainda maior pois a vaga no CBLoL pode dar um grande passo para os times que garantirem o acesso possam brigar por uma vaga no sistema de franquia que vem em 2021.



Na briga pelas duas vagas no CBLoL estão Havan Liberty, RED Canids Kalunga, Team oNe, Falkol, Intergalaxy Tigers e o favoritaço desse que vos escreve, Santos Hotforex Esports.

Primeira rodada

Abrindo a temporada Red Canids encarou a Havan Liberty e vimos uma longa partida com um grande equilíbrio por boa parte do tempo com as equipes alternando os momentos. Quando parecia que a Red Canids se daria bem ao conseguir o primeiro Barão, a equipe viu o segundo e o terceiro Barão serem roubados, e assim, a Havan fez uso da vantagem e fechou o jogo após mais de 40 minutos de treta.


Na sequência um dos jogos mais esperados, não apenas pelo clubismo da minha pessoa, mas pelo motivo que todo mundo queria ver em ação a dupla Jackpot e Rainbow, os coreanos imports do Glorioso Alvinegro Praiano. A dupla já chegou a ser top 1 e Top 2 da SoloQ tupiniquim, no entanto Wis (jungler da Kabum) assumiu a liderança e Rainbow segue em segundo.

Como era esperado o Santos não encontrou dificuldades, pois por mais que no early game o placar de abates fosse próximo, o time praieiro não encontrou dificuldades, Rainbow mostrou o porque ele está com a fama de ser o melhor coreano entre CBLoL e Circuitão, e "carregou" seu time fazendo 11/0/3 e acabou com a Team oNe. Pintou o campeão


E encerrando a rodada tivemos um jogo extremamente truncado, esquisito, talvez com a galera não muito afim de vencer ou sentido o horário do jogo que começou quase as 23h30 e com mais de 40 minutos de jogo, com direito a um early game tão extenso e sem torres caírem nos primeiros 20 minutos, e mesmo com Sett na composição, a ITX acabou perdendo o jogo com o Mordekaiser do Buggax doutrinando o campeão bronken do momento e a Falkol garantiu seu ponto.