A sexta-feira (14) está especial para os fãs de Machine Head. Foi divulgado o novo single da banda, 'Circle the Drain', com participação do baterista Navene Koperweis (Animals as Leaders). O som tem produção de Robb Flynn, vocalista/guitarrista do Machine Head, em parceria com Zach Ohren (Suicide Silence) no Sharkbite Studios em Oakland, EUA.


Christian Sampson produziu a capa do single. A inspiração foi seu projeto fotográfico mental sobre transtornos mentais. Sampson listou 12 transtornos como depressão e esquizofrenia, e o resultado é um visual sombrio, que dá força à narrativa da letra. Flynn, por sua vez, descreve 'Circle The Drain' como uma "música anti-Dia dos Namorados".

A música é inspirada num conhecido meu que voltou do Afeganistão, só para o relacionamento com a namorada desmoronar", diz ele. "Ela tinha vacilado com ele, depois ficou paranoica dele fazer o mesmo com ela, e o deixou louco". Flynn então que o título para música veio de uma conversa que os dois tiveram, com o vocalista decidindo incorporá-la à música na qual ele estava trabalhando.

Foi um estranho paralelo com a minha vida na época, com dois integrantes que deixaram a banda, e de um jeito ainda mais bizarro, dois amigos de longa data que se divorciaram. Foi uma temporada de términos com amigos tomando lados diferentes, pessoas que não estão mais sendo convidadas para certos eventos, pressão social e emocional e todas as coisas típicas que acontecem quando um relacionamento fica ruim.

Observar esse cara passar por isso me ajudou a superar meu próprio problema. A letra de 'Circle The Drain' saiu daquele tempo frustrante. É uma música triste sobre relacionamentos que deram errado, mas aceitar que acabou e seguir adiante. É num tom mais metafórico, já que eu não queria que fosse sobre a minha vida, mas sobre a vida de alguém que pode estar passando por um momento difícil.

Pode não ser uma música que se conecte com todos, especialmente com aqueles em um relacionamento sólido, mas se chegar o dia em que sua vida dê errado, essa música será uma tábua de salvação para você, algo para ajudá-lo a sair desse lugar escuro.

A ironia de que ele e eu tivemos a conversa original no dia dos namorados, e que a música está sendo lançada no dia dos namorados não me passou despercebida. É realmente a música anti-Dia dos Namorados.

'Circle the Drain' é a primeira música inédita do Machine Head desde 'Do or Die', lançada em outubro do no ano passado. A  faixa foi descrita por alguns fãs e meios de comunicação como uma crítica aos haters da banda, em especial aos que criticaram o último álbum da banda, 'Catharsis', de 2018. 

E teremos mais música nova? Flynn disse que "está sempre escrevendo", porém ao invés de gravar um novo álbum a cada três ou quatro anos, a banda pretende lançar um fluxo constante de singles. "E então alguns desses singles podem entrar no próximo álbum, junto com cinco ou seis músicas novas, ou não. Ainda estamos avaliando".

"Eu adoro como a indústria da música mudou", continuou ele. "Adoro o poder do material digital, e a facilidade de divulgar aos fãs. Acho que continuaremos fazendo isso. Adoro a ideia de lançar uma nova música a cada três ou quatro meses, então continuaremos fazendo assim. Estou empolgado com isso".

Confira a capa e o áudio de 'Circle the Drain' a seguir: