Quando a Square Enix lançou seu último RPG para o Super Nintendo foi uma mistura de inesperado com surreal ao transformar o mundo do Super Mario de uma excelente jogo de plataforma com o carisma do Bigode para um louco RPG com a qualidade da Square e os personagens da Nintendo. Ficou bom? Mais do que isso...



O que é Mario RPG?

Super Mario RPG: The Legend of Seven Stars, ou Mario RPG para os mais próximos e "Porra, Mario" para os brasileiros, é um game isométrico de role-playing (RPG) desenvolvido pela Square e publicado pela Nintendo para o Super Nintendo em 1996. É o primeiro RPG da franquia Mario e o primeiro jogo da franquia Mario a permitir jogabilidade dentro um ambiente 3D, com os principais elementos das franquias de RPG da Square e a jogabilidade baseada em ação que lembra a série Super Mario.

E o respeito com o Bigode? Foi lá pra put keep are you
Super Mario RPG foi dirigido por Yoshihiko Maekawa e Chihiro Fujioka e produzido pelo criador de Mario, Shigeru Miyamoto. Yoko Shimomura compôs a trilha, que foi lançada como um álbum da trilha sonora no Japão. A história se concentra em Mario e seu grupo, enquanto eles tentam eliminar Smithy, que roubou as sete peças da Star Road. O jogo apresenta cinco personagens jogáveis. Não foi lançado em regiões PAL, como na Europa.

O game foi bem recebido e particularmente elogiado por seu humor e gráficos renderizados em 3D; e ainda aparece nas listas dos melhores games de todos os tempos. As séries Paper Mario e Mario & Luigi, são tidas como sequências espirituais do game e reutilizam alguns elementos da jogabilidade. A Nintendo publicou Super Mario RPG no serviço Wii Virtual Console em 2008 e no serviço Wii U Virtual Console em 2016. Também foi relançado com o Super NES Classic Edition em 2017.

Jogabilidade


O Super Mario RPG contém semelhanças de tokens com outros games desenvolvidos pela Square, como a série Final Fantasy, junto com uma história e jogabilidade baseadas na série de jogos do Bigode. Como a maioria dos JRPGs tradicionais, existem duas seções principais no jogo: sequências de aventuras e batalhas por turnos. Grande parte da jogabilidade de Super Mario RPG está fora das batalhas de monstros e funciona como um jogo de plataformas 3D isométrico, no qual elementos tradicionais de Mario, como bater nos Blocos de Interrogação, são proeminentes. Não há encontros aleatórios e, como tais inimigos são visíveis no campo; uma batalha só ocorre se Mario entrar em contato com um deles. Isso permite que o jogador evite batalhas desnecessárias.

O jogador controla apenas Mario no início da jornada. Por fim, o jogador ganha um grupo de cinco personagens, embora apenas três membros possam ser usados ​​durante uma batalha: Mario está sempre no grupo do jogador, e os outros dois personagens podem ser selecionados antes das batalhas. Cada um dos cinco personagens possui um conjunto único de ataques e técnicas.

Por exemplo, as habilidades da princesa Peach são principalmente técnicas de cura, enquanto Geno e Bowser têm ataques ofensivos que causam grandes quantidades de dano. O combate é baseado em um sistema de batalha tradicional baseado em turnos, com a adição de comandos de ação que amplificam os efeitos de um movimento.

O jogador inicia cada turno escolhendo atacar, defender, correr, usar um item ou executar mágica no menu de combate. O comando de ação consiste em pressionar o botão durante um ataque, movimento especial, defesa ou uso de itens, que se tornou um dos pilares dos RPGs de Mario posteriormente.

Enredo

Cenário

O mundo do jogo se passa em uma terra geograficamente diversa, que inclui montanhas, florestas e águas. Cada região possui características distintas mantidas por seus habitantes; O Mushroom Kingdom é habitado por sapos, Moleville é habitado por toupeiras, Monstro Town é povoada por monstros reformados, Yo'ster Isle é onde Yoshi e suas espécies homônimas residem, e Nimbus Land é uma área habitada por pessoas nas nuvens. O Castelo de Bowser é outro local de destaque no jogo, pois abriga o portal da terra natal do principal antagonista.

Personagens

Mallow e Geno

Como na maioria dos jogos da série Mario, o protagonista principal é Mario, cujo objetivo inicial é resgatar a Princesa Peach (também conhecida como Toadstool) de Bowser. No entanto, a história assume uma reviravolta incomum e muito importante. Logo após o início de sua jornada, o Smithy Gang invade o mundo. Enquanto tenta parar o grupo, Mario se junta a Mallow, um garoto das nuvens que pensa que é um girino; Geno, um boneco possuído por um espírito celestial da Star Road; Bowser, cujos exércitos o abandonaram por medo da gangue Smithy; e a princesa Peach, que estava perdida na confusão que ocorreu quando a gangue Smithy chegou. The Smithy Gang é liderado por Smithy, um ferreiro robótico de uma dimensão alternativa com aspirações de dominação mundial.

História

Bigode? k k k
Mario decide resgatar a Princesa Peach, infiltrando-se no castelo para o qual ela foi levada e desafiando o (eterno) sequestrador Rei Bowser. Durante a batalha, uma espada viva gigante chamada Exor cai do céu, atravessa a Star Road (um caminho que ajuda a atender aos desejos das pessoas) e colide com o castelo de Bowser, enviando Mario, Princesa Peach e Bowser voando em diferentes direções, bem como espalha os sete fragmentos da estrela.

Mario pousa de volta em sua casa e se encontra com Toad, que diz que ele precisa resgatar a Princesa. Mario retorna ao castelo de Bowser, mas Exor destrói a ponte, impedindo-o de entrar. Mario segue para o Reino dos Cogumelos, onde encontra um "girino" chamado Mallow, que se propõe a recuperar uma moeda de sapo tomada pelo ladrão local Croco.

Depois que Mario o ajuda a recuperar a moeda do sapo, eles retornam ao Reino do Cogumelo e descobrem que ele foi invadido pela gangue Smithy, seguidores do rei do ferreiro robótico chamado Smithy. Mario e Mallow entram no castelo para derrotar o chefe da gangue, Mack, e subsequentemente encontram uma misteriosa Peça da Estrela.

Mallow acompanha Mario até Tadpole Pond para que eles possam obter conselhos de Frogfucious, avô de Mallow. Ele revela que Mallow não é realmente um girino, e diz que Mallow deve se juntar a Mario em uma missão para encontrar as sete Peças da Estrela, bem como os verdadeiros pais de Mallow.

Duras verdades expressadas com arte para suavizar
A dupla viaja para Rose Town, onde conhece um espírito de estrela que assumiu o controle de um boneco silencioso chamada Geno. Depois de lutar contra a criatura parecida com um arco, Bowyer, que está imobilizando os moradores de Rose Town com suas flechas, eles recuperam outra Peça da Estrela. Geno se junta a Mario e revela a ele que o Pedaço de Estrela é uma parte da Star Road destruída, onde ele normalmente reside.

Geno foi encarregado de reparar a Star Road e derrotar Smithy, para que os desejos do mundo sejam novamente ouvidos. O trio acaba indo para a Booster Tower (a casa do excêntrico proprietário da casa de diversões, Booster), onde eles encontram Bowser, cujos servos o salvaram. Eles juntam forças para combater um inimigo comum, pois Bowser deseja recuperar seu castelo. A nova equipe intercepta a Princesa pouco antes de se casar à força com Booster, mas acontece que o casamento não era real e Booster queria apenas o bolo de casamento.

Humor diferente

Em meio a toda essa aventura doida e com times inesperados, o senso de humor do roteiro é o toque diferencial do jogo. O jogo todo em si é muito bom e divertido, contudo, se você reparar nos diálogos ficará ainda mais tempo jogando.

É muito comum eles fazerem alguma sacada com situações típicas da série Mario como "onde está a Princesa? Ah, sim. Sequestrada de novo" por exemplo. Ou mesmo como uma criança tenta saber se o Mario é o Mario de verdade e o compara com seu boneco e ridiculariza o bigode.

Top 10 - Momentos que não há respeito com o protagonista nos animes

Muitas vezes parece que a tradução que realizaram para a versão brasileira que se encontra do game, muitas vezes parece ser algo de fãs, contudo, boa parte é realmente do game. Mas com certeza deram um toque ala Yu Yu Hakusho ao traduzirem.

A única tristeza é ter perdido a coleção de prints de falas curiosas do game que eu tinha quando fazia a jornada dele no saudoso Playfire.

Se você não conhecia ou nunca deu uma chance, recomendo e muito ir atrás da versão traduzida do game e curtir, afinal, você acabou de ler todo o texto e está na vontade de se divertir com esse maravilhoso RPG do Mario, ou melhor, Mario RPG.