Tornei a tirar poeira da minha lista de críticas, onde sempre entra, encalha e depois de muito tempo sai o texto sobre alguma coisa. Nesta terça-feira (24) vamos falar de mais do mesmo: Marvel. Com a quarentena, as TVs a cabo abriram o sinal de alguns canais, incluindo os Telecine. E literalmente por acidente eu assisti 'Marvel Rising: Guerreiros Secretos'. Então achei que seria uma boa a gente conversar sobre esse filme.


O que é (a franquia)

A franquia Marvel Rising é focada nos Guerreiros Secretos, um grupo seleto de heróis adolescentes de várias origens. No geral, temos aparições de velhos conhecidos como Capitão América, Homem de Ferro, e a nova geração, como Riri Williams, Shuri e Garota Esquilo. A franquia começou com HQs e curtas, e ganhou em 2018 o primeiro filme.

O que é (o filme)

'Guerreiros Secretos' é um telefilme para TV dirigido por Alfred Gimeno, com roteiro de Mairghead Scott. A trama é simples, e mostra Ms. Marvel, Garota Esquilo, Tremor, Patriota, América e Inferno se conhecendo, fazendo amizade, e decidindo combater o crime na cidade juntos. Quando surge uma ameaça intergaláctica, eles são recrutados para encarar um desafio ainda maior.

Por que é mediano?

'Guerreiros Secretos' é um filme mediano. Ele não é bom o suficiente para ser ótimo, e não é ruim. O filme cumpre a sua função de ser uma história de origem, e contar uma história maior em pouco mais de uma hora. Tem toda aquela coisa de história de origem, ascensão de um grupo de heróis, o que nós já vimos dúzias de vezes dentro e fora da Marvel.

Destaque

Mesmo não apresentando uma fórmula inédita, alguns detalhes valem o destaque. O primeiro é o fato da Kamala Khan ser muçulmana, e isso aparecer no filme. Também gostei de America Chavez fora das HQs, pois no cânone ela é latina, lésbica e f*da pra caramba. Outro ponto para o filme por tirar a Daisy Johnson/Tremor de Agents of Shield, e ela ser dublada justamente pela Chloe Bennet, a Daisy de Agents.

Mas calma, pois melhora: o elenco tem nomes e vozes bem conhecidos. A voz da Capitã Marvel é da Kim Raver, a Audrey Raines de 24 horas - a minha série favorita. Hala, a Acusadora, é a vilã e sua voz é apenas da maravilhosa Ming-Na Wen, a Melinda May de Agents. Um elenco só de gente anônima.

Vale a pena assistir?

Vale. 'Marvel Rising: Guerreiros Secretos' é claramente focado na geração mais jovem de fãs, com todo um reforço em mensagens como "faça a coisa certa", "você é especial" e "todo mundo tem um propósito no mundo". E o Dentinho, o cão Inumano que consegue se teletransportar, que é um amor.

Mas Bruna, eu sou Criança Grande igual você, dá pra assistir?

Dá. Nesse caso a mensagem não é direcionada a você, mas não significa que ela não te cative e faça sorrir, pois ela faz. 'Guerreiros Secretos' é uma diversão casual, satisfatória, e apesar do traço ter uns momentos errr, não é perda de tempo assistir. É um filme bacana para fazer pipoca, esticar as pernas e esquecer que ninguém se entende no mundo real. E é impressionante como até em animação é fácil ter crush pela Capitã Marvel (o que é totalmente compreensível).

Veredito: ★★★

Nome: Marvel Rising: Guerreiros Secretos (Marvel Rising: Secret Warriors)
Duração: 1h 20mins
Direção: Alfred Gimeno
Roteiro: Mairghead Scott
Onde assistir: Telecine Play | Claro Video | Youtube | Google Play Store