Os Guardiões da Galáxia entraram para o MCU em 2014, e logo viraram ícones da cultura pop. Um dos grandes apelos de Groot & cia foi o fato de cada um dos personagens ser um solitário dentro de certa perspectiva, e todos os perdedores se uniram por um bem maior e melhor. Mas entre todos eles, é inquestionável que o passado da Gamora é o mais obscuro.

Permanecendo de certa forma fiel aos quadrinhos, Gamora foi a última dos Zen-Whoberis que foi "adotada" (coloque 1 milhão de aspas) por Thanos, que decidiu torná-la numa assassina. Por vezes chamada de "mulher mais perigosa do universo," a atriz Zoe Saldana teve algum trabalho na criação da personagem, e buscou inspiração num caso bem real: os Meninos Perdidos do Sudão (Lost Boys of Sudan).

"Quando estávamos criando a Gamora para o primeiro filme, eu lembrei que tinha conversado com James [Gunn] e fiquei 'Não sei o motivo, mas os Meninos Perdidos do Sudão me vieram a mente em termos de crianças que são tiradas de seus vilarejos, ou de outras pessoas - como a Gamora foi do seu planeta - e forçados em uma vida de violência, corrupção e abusos," Saldana disse ao CinemaBlend em entrevista recente. "E o que isso pode fazer com o coração e a mente de alguém. Então eu tive permissão de ir o mais profundo que eu pudesse [na criação da personagem], e eu fui!"

Os "Meninos Perdidos do Sudão" é uma referência aos eventos trágicos que aconteceram entre 1983 e 2005 na Segunda Guerra Civil Sudanesa, onde mais de vinte mil garotos ficaram órfãos, muitos sendo recrutados como soldados.

Então, Guardiões não é assim tão sorrisos quanto você poderia achar que é. Aliás, Gamora estará em Vingadores: Guerra Infinita junto com a irmã adotiva Nebulosa, por isso... Espere uma reunião de família nada convencional.

Nós já temos o review do Vol. 2, e o veredito é de que sim, você pode salvar a galáxia duas vezes numa aventura do K7. Quer dar uma olhada no review do Vol. 1? Sem problema, nós temos ele nesse link. Não conhece nada e quer uma luz no fim do túnel nerd? Leia umas curiosidades, pois sempre faz bem ao coração, e solte o play:


Via CB