O embargo de Pokémon Sword & Shield levantou nesta quarta-feira (13), significando que estão circulando os primeiros reviews! Anunciada em fevereiro deste ano, a oitava geração se passa em Galar, região baseada no Reino Unido com diversos biomas e pokémon específicos deles. Uma das "novidades invertidas", que vem causando bastante polêmica, é ausência da famosa National Dex. O jogo traz apenas Dex de Galar, significando que qualquer pokémon encontrado fora da região, não poderá ser transferido para o jogo.



Entre as novidades reais, Pokémon Sword & Shield conta com as versões Dynamax dos monstrinhos. O recurso faz eles aumentarem de tamanho na hora da batalha, com a chance de virar um pokémon Gigantmax. Quanto às batalhas, o jogo terá as raids, que ficaram populares Pokémon Go, para juntar os treinadores em co-op local. Os jogadores também podem fazer partidas online com outros players. Aqui, quatro players vão lutar com versões Dynamax dos pokémon, sendo que alguns só aparecem em Max Raids.

Outro acréscimo é a função de autosave. Tradicionalmente, nos jogos de pokémon é preciso salvar o progresso manualmente. Em Sword & Shield ele será feito em vários momentos pelo próprio jogo, como ao entrar numa cidade, ou uma construção (casa, Centro Pokémon, etc). A função de autosave vem ativada por padrão, mas o jogador pode desligá-la caso prefira manter a tradição de salvar o jogo manualmente.

Pokémon Sword & Shield chega para Nintendo Switch nesta sexta-feira (15). Siga os links abaixo e dê uma espiadinha nas notas + o que os sites estão falando sobre o jogo:


Via VG247 (1) e (2)