SPOILERS de "If You Don't Like My Story, Write Your Own", episódio de Watchmen


Watchmen está quase na metade da primeira temporada, mas os mistérios estão cada vez mais esquisitos. No domingo, um dos temas mais falados de "If You Don't Like My Story, Write Your Own" foi a história de Adrian Veidt/Ozymandias (Jeremy Irons). Ozymandias, que apareceu em toda sua glória no episódio anterior, voltou a ser o centro das atenções após sair do radar, e tornar-se uma tipo de líder de um Estado do país. Está claro que a situação atual de Veidt é bizarra, mas nesta semana ela ficou ainda mais sinistra.

O interlúdio de Veidt nesta semana começou mostrando ele pescando em um lago do "seu" Estado, e capturando dois bebês semi-humanoides. Ele os leva até um dispositivo com visual steampunk, e começa a tocar uma música enquanto o dispositivo faz sua mágica. Quando o dispositivo termina de trabalhar, estão prontos os mais novos clones da senhora Crookshanks (Sara Vickers) e do senhor Phillips (Tom Mison).

Veidt começa a falar com eles, explicando que os dois ficarão algumas horas sem conseguir falar. Ele ainda diz que é o mestre deles, mas não a pessoa que os fez - pois ele "não colocaria algo com os dois no mundo". Veidt veste os dois para o trabalhando, levando até a sala de jantar. Lá, a surpresa: uma série de clones de Crookshanks e Phillips está massacrada e espalhada por toda parte. Ele pede desculpas pela cena e comenta que havia "ficado bravo" com os outros clones na noite anterior.

Como se Ozymandias já não fosse excêntrico, Watchmen deixou ele ainda mais bizarro

Mais tarde, Veidt manda os novos Crookshanks e Phillips fazerem uso dos clones mortos, carregando-os um a um em uma catapulta gigante. Sob seu comando a catapulta seria acionada, lançando um clone de Phillips em qualquer que fosse o abismo que estivesse além deles. Durante todo processo, Veidt revela que estava preso na situação atual por quatro anos, e que havia passado de um paraíso a um pesadelo que ele queria escapar.

Essa novidade esquisita acrescenta mais uma camada sinistra e confusa ao que foi mostrado do arco de Veidt até agora. Tudo começa na apresentação da Lady Trieu (Hong Chau), empresária bilionária que, segundo a "Peteypedia", comprou a empresa da Veidt em 2012 e começou a operá-la em 2017. Mesmo antes da estréia de Trieu, corria a conversa de que ela poderia ter uma ligação mais próxima com o paradeiro atual de Veidt do que os fãs imaginavam.

O fato de Veidt não ter sido oficialmente declarado morto até setembro de 2019, e que um porta-voz de Trieu citou que ele morreu por "causas desconhecidas", pode apoiar a teoria acima. Só que ainda tem mais: a natureza dos clones lembra outra cena envolvendo Trieu no início do episódio. Nela, Trieu tenta comprar uma fazenda de um casal em Oklahoma e usa o fato de que eles não foram capazes de ter bebê para ajudar a convencê-los.

Trieu dá ao casal um bebê recém-nascido a partir do seu material genético, mas nunca explica como esse bebê foi gerado. Não seria um palpite distante que a Trieu Industries esteja trabalhando com clonagem - e fornecendo à Veidt uma quantidade interminável de clones para usar como sua equipe doméstica.


Watchmen retorna no próximo domingo (17) com o episódio Little Fear of Lightning

Via CB