O fim de semana da Capcom Cup 2019 chegou à sua conclusão. Embora este tenha sido o grande final do Capcom Pro Tour de 2019, os valores gerais de produção do evento não foram bem recebidos por muitos membros da comunidade de jogos de luta.



Inicialmente, não havia planos de transmitir ao Last Chance Qualifiers da Capcom Cup. Apesar do pedido de desculpas e da promessa de transmitir os LCQ, os membros da comunidade acabaram mostrando ao mundo as partidas que ocorreram através de celulares.

No dia seguinte, vários jogos da losers brackets entre os 16 melhores ocorreram sem transmissão. Os jogadores também reclamaram dos monitores com lag, que não foram abordados pela equipe do torneio. Com relação a essas preocupações, a Capcom delineou seu objetivo de fazer melhor na temporada 2020 do Capcom Pro Tour.

"Gostaríamos de agradecer a todos os nossos jogadores, talentos e fãs que se juntaram a nós na Capcom Cup 2019. O nível de competição deste ano foi impressionante. A equipe está ciente dos problemas de produção e, especificamente, problemas com as partidas exibidas no feed. Suas vozes foram ouvidas e trabalharemos durante a temporada para garantir as mudanças necessárias para 2020. Obrigado por seu apoio e amor ao Street Fighter ".

Notavelmente, mesmo REC | Punk - que chegou às grandes finais da Capcom Cup 2019, mas acabou perdendo para o iDom - comentou sobre como as configurações fizeram com que o segundo jogador tivesse mais input lag. "Estou feliz que a iDom tenha vencido, mas estou triste por ter perdido porque o lado do jogador 2 está muito atrasado e estava perdendo tudo", afirmou Punk no Twitter.

Segundo relatos de jogadores, um jogador estava na verdade em desvantagem, pois o atraso afetava apenas o segundo jogador. Notavelmente, o NASR | AngryBird (via ESPN Esports) optou por esperar até que o problema fosse solucionado antes de continuar com o seu top 16 depois de vencer uma partida. Infelizmente, os relatórios sugerem que o problema ressurgiu no dia seguinte.


Pela primeira vez, a Capcom Cup acontecerá em Paris, França, em 2020 junto com grandes mudanças no formato da temporada.

via Eventhubs