Uma das séries mais longevas envolvendo animes e jogos atende pelo nome de Yu-Gi-Oh! A série, assim como muitas da sua época, tem parte do seu apelo aos monstros em uma época, especialmente no Brasil, da briga de monstros ser entre Pokémon e Digimon. O anime sobre o crd game teve sua vida própria, regras próprias, e para comemorar os mais de 15 anos da séries foi lançado o filme Yu-Gi-Oh! O Lado Negro das Dimensões.


Sinopse

O filme continua a saga do jovem que remontou o Enigma do Milênio e divide seu corpo com o espírito de um antigo Faraó, arco iniciado na série Yu-Gi-Oh!. O filme segue Yugi Moto e seu rival Seto Kaiba em um novo duelo que botarão sua experiência à prova, uma batalha que transcenderá as dimensões.

O universo de Yu-Gi-Oh!

Os protagonistas ao longo das gerações

Apesar de ter tido duas continuações que andaram bem por si só, sem depender do apelo nolstalgico que algumas séries da época recorreram, a série Yu-Gi-Oh ao todo possuí quatro adaptações. Yu-Gi-Oh!, Duel Monster, GX, 5D, ZEXAL e ARC-V.

Facilmente a saga Duel Monster é a mais famosa e que marca as crianças crescidas de hoje dos anos 1990. É nessa saga que vemos tudo que conhecemos de Yu-Gi-Oh! como a rivalidade de Kaiba contra Yugi/Faraó, a Ilha dos Duelistas, o Duelo da Cidade, Deuses Egípcios e afins.

O filme acontece seis meses após os eventos finais de Duel Monster e vemos a turma focando no futuro após a conclusão do ensino médio com Yugi querendo criar um jogo e que ele seja famoso; Téa deseja se tornar uma bailarina de sucesso internacional; Joe deseja se tornar um grande duelista enquanto Tristan não vê muitas perspectivas e trabalhará com o pai.

Um homem que não conhece o significado de limites e do não

As "Kaibices" em níveis épicos

Sentiu falta de um nome ai? Bem, Seto Kaiba está fortemente decidido a reencontrar o Faraó Atem para sua tão sonhada revanche sem que ninguém os interrompa. O nível dessa obsessão é absurda ao ponto de vermos que Kaiba não mediu esforços da Corporação Kaiba crescer e desenvolver tecnologias surreais.

Como se mantêm no ramo de Monstros de Duelo (o card game) ele aprimorou absurdamente a tecnologia dos duelos com hologramas ao ponto de se tornar ultra realista, até mesmo empactanto a plateia.

No meio de tudo isso ele mantêm esforços para trazer o Faraó de volta.

Um novo inimigo


Assim como acontecia no anime os problemas que acontecem com Yugi sempre está na sua sala ou na sua escola. Mesmo estudando há três anos com eles, somente agora, notaram a existência do aluno Aigami (Diva). Ele nitidamente tem um ar de Bakura (já sabe onde isso leva, não é mesmo?).

Aigami teve sua vida mudando totalmente ao conhecer Shadi e se tornar guardião do Plana. O Plana é o poder de moldar a realidade e acessar uma dimensão mais escura. O poder do Plana é tão forte que é dito que os usuários poderiam criar um novo mundo perfeito, utópico.

Tamanho poder existe forma para ser contido e Aigami está empenhado em tirar do seu caminho todas as maneiras de ser parado quando começar a agir com seu plano de vingança. Todos os envolvidos possuem ligação por algum modo, com relação a acontecimentos de Duel Monster.

Vale a pena assistir?

Como o anime Yu-Gi-Oh! segue uma vida própria, entenda, segue suas regras e o card game da vida real que lute, especialmente quando um fã do anime o encontra pela primeira vez, os duelos ganham outras proporções e perspectivas para serem assistidos.

Assim podemos dizer que o público de Yu-Gi-Oh! é um dos casos abaixo:

  • O jogador do card game que assiste em meio ao surto das regras serem ignoradas mas ao mesmo tempo vê quais serão as possíveis cartas novas na vida real.
  • Pessoas que assistiram ao anime e curtiram os duelos diferente dos monstros.
  • E especialmente aquele que fica incrédulo em como o Yugi trapaceia e fica esperando pelo "próximo milagre" dele.

Especialmente para o último caso o filme é ainda mais maravilhoso. Por ser um filme especial o cuidado com a película é enorme. A qualidade visual e da animação dispensa comentários, está muito lindo. Mesmo alguns usos de animação tradicional com animação 3D nos monstros e algumas tecnologias, o resultado é maravilhoso no filme.


Os duelos sempre que ocorrem são fortes desde o primeiro momento e peço que você se atente com muito carinho no duelo entre Diva e Kaiba em uma das jogadas realizadas por Seto. O Faraó com toda certeza diria "esse é meu garoto".

As jogadas mais mentirosas que vemos no filme são surreais e dão um belo gás no "empolgou" desses momentos. Muitas formas novas de trucar são vistas antes mesmo do Faraó brilhar, mostrando que o filme não estava disposto a pegar leve para surpreender por diversas maneiras.


Eu nem vou citar as variações de uma das cartas famosas que aparece pois cortaria um pouco do impacto de certos duelos.

Tudo me leva a te dizer o sim, assista, pois se você curtiu o anime lá atrás quando era transmitido por aqui, a chance de aproveitar esse arco resumindo é grande.

Yu-Gi-Oh! O Lado Negro das Dimensões pode ser assistido no Looke clicando aqui. Você também pode conferir a entrevista que realizaram com Marcelo Campos, o dublador do Yugi aqui

Originalmente o longa foi lançado em 2016 no Japão e chegou no Brasil no final de 2018.