SPOILERS de 'Back to the Future - Part 2', episódio de Supergirl

Supergirl voltou do breve hiato no domingo (16). O episódio concluiu a história do retorno de Winn do século 31 para o presente, e trouxe mudanças para os personagens no tempo atual. Winn (Jeremy Jordan) encarou um de seus maiores medos, e Alex (Chyler Leigh) tomou uma decisão radical, após se ver num dilema com seu emprego na nova Terra-Prime.
Desde 'Crise nas Infinitas Terras', uma das maiores mudanças é Lex Luthor (Jon Cryer) agora ser um dos mocinhos. Ele também tem influência em muitos lugares - incluindo o DEO. É uma situação na qual Supergirl & cia não confiam, levando Alex a utilizar um spyware e tentar descobrir o que Lex está fazendo. Próximo ao fim do episódio, Alex decide que a melhor coisa a fazer é deixar o DEO.

Fora do DEO, Alex se une J'onn na Torre, nova base dos heróis em Supergirl. A saída da diretora do DEO, entretanto, era algo que Lex desejava. Ele inclusive deu a Brainy a missão de garantir que Alex não fosse uma ameaça para operação, e em sua ausência, promoveu Brainy a diretor. Brainy tem suas preocupações, claro, mas diz a Alex que continuar no DEO dará heróis "olhos e ouvidos" aos heróis para o que Lex está tramando.

É uma mudança surpresa para os personagens. O novo papel de Alex na Torre, entretanto, ajuda a estabelecer o local com todas as versões nos quadrinhos, sendo um quartel general dos heróis. É algo sobre o qual o ator David Harewood falou anteriormente.

Você verá isso muito no domingo - trabalhar em conjunto com todos os outros supers inspirou J'onn a criar um espaço fora do DEO. Temos um local totalmente novo que apresentaremos no domingo, um novo espaço chamado Torre, que é uma espécie de extensão de J'onn trabalhando com a Liga da Justiça e trabalhando com os outros supers.

Supergirl retorna no próximo domingo (23) com o episódio 'It's a Super Life'.

Via CB