Andrea Bocelli deu um abraço musical em todo mundo com o concerto Music for Hope: Live from Duomo di Milano, transmitido no domingo de Páscoa (12). Direto da Catedral de Milão, o tenor e um músico tocaram cinco músicas, com imagens da paisagem italiana passando em certos momentos. O país é um dos mais impactados pelo coronavírus, com mais de 19 mil mortos e há semanas em quarentena.


"No dia em que celebramos a confiança em uma vida que triunfa, fico honrado e feliz em responder 'Si' ao convite da cidade e do Duomo de Milão", disse Bocelli, enquanto a câmera oferecia uma visão panorâmica dos pináculos ornamentados da catedral.

"Eu acredito na força da de orarmos juntos. Acredito na Páscoa cristã, um símbolo universal do renascimento que todos, sejam eles crentes ou não, realmente precisam no momento. Graças à música, transmitida ao vivo, unindo milhões de mãos entrelaçadas em todo mundo, abraçaremos este coração pulsante da Terra ferida, esta maravilhosa forja internacional que é motivo de orgulho italiano."

"A generosa, corajosa e proativa Milão e toda a Itália serão novamente e muito em breve um modelo vencedor um renascimento que todos esperamos. Será uma alegria testemunhar isso, no Duomo, durante a celebração da Páscoa que evoca o mistério do nascimento e do renascimento."

Após o recado, Bocelli cantou cinco músicas: "Panis Angelicu", sua versão para "Ave Maria", "Sancta Maria" e "Domine Deus". Num final bastante emocionante, o tenor caminhou até a entrada principal da Catedral de Milão, onde um microfone o aguardava. Andre Bocelli cantou então "Amazing Grace" a cappella, enquanto foram exibidas imagens das ruas vazias em Paris, Londres e Nova York.

Além do Music for Hope, Bocelli está, por meio da Andrea Bocelli Foundation, levantando fundos para ajudar os hospitais com os recursos necessários, como instrumentos e material de proteção para equipe médica. O Music for Hope estará disponível em breve nas plataformas de streaming.

Até lá, solte o play e pode chorar. Tá mais do que liberado.