Na quarta-feira (22), o CEO da WarnerMedia John Stankey comentou as mudanças que a empresa fez para se adaptar à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Stankey citou Scooby! O Filme, que e estreará direto no streaming, como um exemplo do "novo normal". E Mulher Maravilha 1984? A estreia do filme foi adiada para 14 de agosto, mas não aliviou as especulações.

Stankey e a chefe da Warner Bros, Ann Sarnoff, falaram sobre o caso, e esclareceram a posição do estúdio sobre a sequência da jornada de Diana Prince. E resumindo: sim, a Warner planeja lançar Mulher Maravilha 1984 nos cinemas... Quando eles reabrirem.

"Estamos comprometidos com - e entusiasmados - lançar Tenet nos cinemas neste verão ou quando os cinemas reabrirem. Continuamos apoiando a experiência teatral e nossos parceiros de exibição, e confiantes de que nossos títulos principais, incluindo Tenet e Mulher Maravilha 1984, são exatamente o tipo de filme que deixará as pessoas ansiosas para voltar aos cinemas", disse Sarnoff.

"Os filmes teatrais sempre foram uma parte importante do nosso ecossistema", acrescentou Stankey. "Espero que, ao avaliarmos nossos negócios no futuro, continuaremos a defender trabalhos criativos que sejam dignos da experiência teatral".

Não é um alívio total, mas é uma boa notícia o compromisso do estúdio com a "experiência teatral", e por deixar isso registrado. A Marvel foi alvo de críticas por fazer justamente o oposto, e não se posicionar sobre os rumores que diziam do lançamento de Mulan e Viúva Negra direto no Disney+, por exemplo.

Agora, cabe esperar e torcer para que os efeitos da pandemia aliviem o quanto antes. Até lá, fique em casa, assista Mulher Maravilha toda semana, que a gente segue de olho nas notícias. Pingou novidade? Nós voltamos para te contar.

Via CBM