O site “The Esports Observer” divulgou nesta terça-feira (28) o seu estudo dos jogos mais influentes para PC nos primeiros quatro meses de 2020. O destaque ficou para o Rainbow Six Siege, que apresentou crescimento exponencial e, pela primeira vez, atingiu o tier 1 - topo da pirâmide de games mais relevantes.

O ranking é elaborado por meio de um sistema de pontos em que diferentes categorias são ponderadas. O estudo conta como fonte a Newzoo, que realiza análises focadas no mercado de games, a Twitch, plataforma de streaming, e a página Esports Earnings. Com diferentes pesos, os elementos que compõe a pontuação final são: jogadores ativos por mês no PC, premiações distribuídas, horas de Esports assistidas, horas do jogo assistidas em geral, volume de streams e número de campeonatos.

Com 42.06 pontos, o Rainbow Six: Siege ocupa a quarta colocação da classificação. O jogo fica atrás apenas de League of Legends, CS:GO e Dota 2. Comparado ao último estudo elaborado, o FPS subiu quatro posições no ranking.

A ascensão pode ser explicada por diversos motivos. A base de jogadores recentemente ultrapassou os 55 milhões. No entanto, o maior responsável pela popularização da modalidade tem sido o cenário competitivo, que cresce ano após ano. Em 2020, os números foram impulsionados pelo sucesso do Six Invitational, competição mais importante do calendário de Rainbow Six Siege, disputada em fevereiro, no Canadá.

Na edição deste ano, o torneio gerou cerca de 5,37 milhões de horas assistidas na Twitch. Em 2019, o SI havia gerado 3,01 milhões de horas assistidas, o que já representava um aumento de 300% de visibilidade na época se comparado à temporada de 2018. A premiação do campeonato seguiu o ritmo de valorização e foi a maior da modalidade na história: US$3 milhões, ficando entre as 20 maiores da história dos esports.

O Brasil ocupou lugar de destaque no campeonato. A Ninjas in Pyjamas fez uma campanha histórica e alcançou a decisão do torneio, feito inédito para os brasileiros, mas foi derrotada pelos norte-americanos da Spacestation Gaming.

Vale lembrar que, neste ano, o cenário competitivo de Rainbow Six Siege passará por uma remodelagem com programas regionais nas quatro regiões existentes (América do Norte, América Latina, Europa e Ásia-Pacífico). Desta forma, cada uma decidirá sobre as particularidades de seus campeonatos. Isso permitirá um foco maior nas características locais e mais diversidade nas opções de programas que a Ubisoft oferece, fato que resultará em uma emocionante corrida mundial em direção ao Six Invitational, o auge do ano competitivo de R6. Na América Latina, por exemplo, o Brasileirão Rainbow Six provou novamente a sua importância e será um dos caminhos para os Majors por meio do novo sistema.