Olá, tudo bem? Talvez não e a gente entende que a quarentena pode acabar mexendo muito com nossa mente, e as vezes, a gente fica consciente que uma ditadura em nosso país é muito errado, e por outro lado, a gente acabe tendo um amor platônico por uma. Especialmente quando ela "rompe barreiras do machismo" (risos eterno aqui, gonmenasai...) e é comandada por uma mulher, no caso, Kim Yo-jong.



A internet regrediu ao endeusar uma ditadora

E depois de meter o badalo no termo "a internet" semana passada, conforme viu aqui, hoje é dia de usar o termo de novo e na mesma linha. A regra 34 tem tantas sublinhas nela que as pessoas abusam dela, mesmo que não façam desenhos sexuais das pessoas, o famoso hentã0. E o alvo da vez é a Kim Yo-jong, a irmã do Kim Jong-Un, o ditador da Coréia do Norte.


A otakusfera começou a ver na caçula da família de comando nada democrático no mundo, uma musa para eles, afinal, os olhos puxados estão lá e isso uniu otakus e k-poppeiros (quem diria #pas) nessa e as artes começaram a rolar pelas partes mais família da rule 34.

Alguns talvez até tenham uma inocência na busca pelos likes ao falar da Kimnha como uma waifu, ela literalmente vai na contramão do que seriam os pontos que formam uma waifu e vai além da beleza (que é subjetiva aos olhos de cada um) mas a moça não é essa figura boa que querem causar. Ela é responsável pelo marketing do regime ditatorial norte coreano.

Hittando uma waifu que te fuzila

Ao que parecem o Majim Boo gordinho morreu, e assim, a versão Majim Boo magra é fortemente cotada para assumir o posto oficial de fuzilar pessoas em praça pública. E com isso, a galera se empolgou para fazer as artes ao estilo de anime e os anime in real life, como a clássica cena do primeiro dia de aula.



O erro do jovem foi falar em japonês, mais um na estatística F



Me recuso a colocar o famcam...

O fato dela ser uma mulher não quer dizer que ela seja mais gentil, afinal, como dito acima ela exerce cargo importante para a imagem do país e já fez ataques para a Coréia do Sul dizendo que são cachorros latindo quando falam deles.

Confesso que nessa arte eu perdi jajaja

Mas a imprensa especializada consegue ser pior

O Twitter é sem limites e uma terra sem lei praticamente nos dias de hoje, então, a gente até entende a galera ter viagens, mas, e quando o pessoal (teoricamente) letrado solta notícias deveras esquisitas para falar da Kimnha? Pois conseguiram.

Uma das ideias era chegar hoje e tentar dizer o porquê a mídia, não só do Brasil, estão considerando que caso a Kimnha assuma, ela rompe o machismo que vem há anos dominando entre os ditadores, afinal né, se tinha uma bela hora pro discurso vazio de representatividade na caça aos likes e views, era justamente dizer que o mundo precisava de uma ditadora.

Vai que o jeito que ela fuzila a gente é diferente né?

Alguns exemplos:





Então amiguinhos vamos lembrar que se você sente que no Brasil pode haver ditadura novamente por algum motivo, e, sabe que é algo muito tenso por ter vivido ou convive com viveu, não endeuse uma ditadura fora do país por ela ter chance de ter um rostinho que lhe agrade. Sabe quem tinha um rostinho que agradava muita gente ao seu redor? Suzane Von Richthofen.

Até a próxima.