Olá, tudo bem com você? Na semana passada ficamos sem a continuação desse especial, e, em motivo nobre, teve tbt do primeiro Waka Talk pois foi completado um ano sem o mestre André Matos, e, o pontapé inicial da coluna foi um papo sobre ele. Hoje vamos a segunda parte do especial sobre o MCU, pois, depois do sorriso de Thanos começamos a Era de Ultron.



Homem de Ferro 3


Se na primeira fase o Homem de Ferro foi O maior sucesso da Marvel e responsável por puxar a fila do sucesso, ao iniciar a Fase 2 ele mais uma vez foi o responsável e acabou gerando muitos recordes de bilheteria, no entanto, a história dividiu os fãs.

A maior polêmica ficou por conta das expectativas de ver o vilão Mandarim (Ben Kingsley) em ação, no entanto, ele foi um "Sergio Malandro" no divisor de água do público. O principal vilão acabou sendo Aldrich Killian e vimos novas armaduras, novas tecnologia. Honestamente gostei do filme mas entendo quem não curtiu pelo detalhe do Mandarim.

Homem de Ferro 3 faturou US$ 13,2 milhões em seu dia de abertura no exterior e já na sua terceira semana de exibição o filme ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão. Tornou-se o filme mais rentável de 2013.

O Mundo Sombrio


Talvez na primeira parte ficou no ar que talvez eu goste da versão cinematográfica do Thor, se haviam dúvidas, não entendo o porque. Mundo Sombrio  começou com a notícia que um dos diretores de Game of Thrones (quando a melhor série do mundo estava no auge) iria dirigir o filme.

Se Asgard já era linda e f0d4 quando faziam as panorâmicas pelo reino dos deuses, com a pegada GOT a coisa ficou ainda melhor. Confia no pai. Thor 2 teve muitas melhorias em comparação ao primeiro e começamos a ver mais sobre o novo Thor e a briga com os Elfos Negros.

Thor 2 acabou sendo um filme bom, que poderia melhorar com toda certeza, ajudou a mover mai a saga do Infinito com uma das joias presentes (irei detalhes sobre as joias quando falarmos de Guerra Inifnita).


Thor: Mundo Sombrio foi lançado em 36 países no dia 1 de novembro, estreando nos Estados Unidos e Canadá somente no dia 8 do mesmo mês. Em 4 dias de exibição, o longa atingiu US$ 109,4 milhões.

O Soldado Invernal


Se Thor deu o primeiro passo bom na Fase 2, foi em Capitão America 2 que tivemos um choque absurdo nos filmes de heróis coloridos. Capitão America - Soldado Invernal conseguiu dar o tom certo para a ideia do Capitão ser um personagem para o mundo e não a bandeira de um país com um filme que, tirando os heróis, seria ainda um grande filme de policia.

A introdução de Buck (Sebastian Stan) e e a queda da SHIELD com a gente conhecendo cada vez mais os atos da Hydra. Esse é um dos melhores filmes do MCU, fácil, e se você por acaso ainda não viu, tire esse pecado do seu corpo.

Mais uma vez o filme do Capitão ajudou no terreno pro crossover, no entanto, o MCU ainda teria uma agradável surpresa para os fãs e talvez nós nem sabíamos que queríamos.

Captain America: O Soldado Invernal arrecadou 259,8 milhões de dólares na América do Norte e 454,7 milhões de dólares em outros territórios, para um total mundial de 714,4 milhões de dólares. Tornou-se o sétimo maior bilheteria de 2014 em todo o mundo.

Hooking a feeling


Se na fase 1 o filme que antecedeu o crossover foi mais sério e deixou um drama para um dos nossos heróis, a Fase foi mais komedi e se a Marvel próximo ao lançamento começou a duvidar da potência do filme dos heróis desconhecidos do grande público, o lançamento fez ela ter calma e surfar o sucesso.

Guardiões da Galáxia reuniu um grupo extremamente inusitados de heróis reunindo diversas raças , temos o filme mais divertido da fase e assim como aconteceu com os heróis que eram menos conhecidos, o grupo ganhou um boom enorme com o brilho de Peter Quill (Chris Pratt saindo da fábrica de Chris).

Talvez a única parte questionável do filme seja uma participação no filme que para alguns tirou umas atenções, no entanto, geral curtiu dançar e partimos para o novo desafio dos Vingadores na sequência.

O fim de uma Era


O sucesso do primeiro filme dos Vingadores teve um nome coordenando, Joss Whedon. Famoso pela série Buffy, cuja tinha a maior waifu caçadora de vampiros da minha geração e quem discorda tem mal gosto e respeito pelo mesmo, ao chegar na Era de Ultron, Whedon começou a ter desgastes e isso refletiu em algumas coisas do filme.

Particularmente não considero o filme ruim, no entanto, porém, todavia, algumas escolhas foram estranhas e sim, é aquela cena lá no final, o pseudo romance pode, e acabou virando, uma visão mais laços de amizades que trazem paz entre Hulk e a Viúva Negra.

Whedon quase não retornou para Vingadores 2, e, o sucesso dos irmãos Russo com o Capitão America 2, e como veremos no próximo post também foi sucesso com Guerra Civil, eles assumiram a missão de finalizar os filmes Vingadores.

Mesmo que algumas coisas não foram muito boas, as duas fases foram muito eficiente em concretizar o plano da Marvel, e, os eventuais tropeços também ajudaram a Marvel a melhorar sua visão pro projeto e manter a grande Saga do Thanos nos trilhos pra chegar ao Ultimato.

Qual foi seu filme favorito da fase 2? Conte pra gente nos comentários e até a próxima!