A popular streamer da Twitch, Natalia 'Alinity' Mogollon, caiu em prantos durante uma transmissão em 2 de julho, depois de revelar que o assédio que sofre online por causa de "erros do passados" se tornou esmagador.

Alinity é uma das personalidades femininas mais assistidas da Twitch. No entanto, a popular streamer enfrentou uma tempestade de reações no ano passado, após várias controvérsias na plataforma.

Durante sua transmissão em 2 de julho, a estrela se abriu para os espectadores sobre como o assédio por seus erros passados ​​se tornou esmagador. Ela também apontou como a "cultura do cancelamento"  está indo ao ponto de levar as coisas longe demais.

Alinity quebra o silêncio

A streamer sentou-se para uma conversa emocional com seu público durante sua transmissão de 2 de julho intitulada "Muito, muito triste. Precisamos conversar". Durante a conversa, ela abordou o falecimento recente do companheiro de stream, Byron 'Reckful' Bernstein, antes de revelar como o ódio implacável online começou a impactá-la severamente.


"As merdas que vocês dizem realmente afeta as pessoas, ok? Vocês não têm ideia de quantas vezes eu quis me matar. Quantas vezes eu passei a noite toda, tentando descobrir como eu iria acabar com a  minha vida. Eu só quero que vocês saibam, é realmente sério. Vocês não podem simplesmente enviar hordas de ódio contra alguém e achar que isso não tenha efeito sobre uma pessoa", disse ela.


Alinity caiu em lágrimas e disse que, não importa o quanto ela se desculpe, as pessoas não vão largar seu passado. "Eu simplesmente não sei o que fazer. Paro de transmitir? Essa é a única maneira de as pessoas me deixarem em paz?" ela continuou.

Quando chegou uma doação que dizia "apenas aceite que você cometeu um erro", a estrela ficou emocionada e exclamou: "Eu tenho! Eu tenho! Chat, eu realmente preciso ler milhares e milhares de mensagens por dia dos erros que eu cometi?" que fiz no meu passado? É isso mesmo que tenho que fazer? Você não pode simplesmente dizer ignorar os trolls!"


Alinity, então, começou a falar da cultura do cancelamento realizada contra Jenna Marbles, que saiu do YouTube em 25 de junho, depois de se desculpar por conteúdo racista no seu passado.

"E e daí? Eu paro de transmitir, então, os trolls aprendem que se você assediar alguém por tempo suficiente, você os fará desistir. Isso é tudo sobre uma cultura de cancelamento. Foi o que aconteceu com Jenna Marbles", disse ela.


A streamer reiterou aos espectadores o quanto suas palavras podem realmente afetar outra pessoa on-line. "Eu só queria que vocês soubessem que, por mais forte que uma pessoa pareça, isso afeta a pessoa, ok? Há alguns dias que são mais difíceis do que outros, e eu sei que pareço realmente forte, mas isso realmente afeta as pessoas. Realmente ".

A transmissão da Alinity durou apenas 52 minutos, antes de terminar a transmissão ela disse aos telespectadores que ela "apenas queria enviar uma mensagem" sobre a gravidade dos grupos de ódio on-line e como eles podem impactar uma pessoa.

via Dexerto