Os organizadores da ESL anunciaram que irão sediar o seu mais aguardado evento ESL One Cologne CS:GO 2020, seguindo as restrições globais de viagens.
A ESL Colônia é uma competição anual do CS:GO que apresenta as principais equipes de todo o mundo, geralmente considerado um dos maiores eventos do ano, fora dos Majors.

No entanto, a ESL anunciou, em um post no blog, que eles trocariam o formato do torneio em 2020, após preocupações com viagens globais que antecederam o evento.

"Após uma avaliação completa, concluímos que o Intel ESL One Cologne 2020 passará para um torneio online" revelou a organização. "A decisão foi tomada após extensa pesquisa e entendimento dos regulamentos globais de viagens e das diretrizes nacionais individuais".


Eles também revelaram que dividiriam o evento em quatro regiões distintas, Europa, América do Norte, Oceania e Ásia, permitindo que cada uma das equipes competisse em casa.

"As equipes foram determinadas com base em uma versão regionalizada do conjunto de regras de qualificação original da ESL One Cologne: através do ranking do ESL Pro Tour, dos eventos do ESL Pro Tour Challenger e do ESL World Ranking."


O prêmio de US $ 500.000 também foi proporcionalmente dividido em cada uma das regiões da Ásia e da Oceania, que estão com apenas quatro equipes cada, lutando por um prêmio de US$ 20.000 em comparação aos US$ 325.000 dos 16 melhores da Europa.

A ESL One Cologne, que originalmente era esperado para 6 a 12 de julho, no entanto, está programado para ser de 18 a 30 de agosto, depois de passar para um formato online.

Embora equipes como Vitality, BIG, Furia e Evil Geniuses tenham sido confirmadas, ainda há muitas equipes a serem convidadas para cada uma dessas competições regionais, e espera-se que mais equipes recebam um convite em 20 de julho.

A ESL também é responsável pelo próximo Major de CS:GO que está marcado para o Rio, que foi adiado até novembro, após preocupações semelhantes com a atual crise de saúde. E ainda estamos na torcida para que haja segurança para o evento ser realizado no Brasil ainda.

via Dexerto