Com diversos estados representados, amadores ‘ilustres’ e até xará de pro-player, o Red Bull SoloQ - competição que teve o nome de Red Bull Player One por seis temporadas - inicia a Etapa Intermediária do evento, no próximo sábado (25), a partir das 13h (horário de Brasília). De modo 100% online, os 32 classificados da fase inicial medem as suas habilidades em busca das quatro vagas visando ao título nacional do torneio e a possibilidade de representar o Brasil no Mundial.

No sábado, os duelos prometem ser bastante acirrados. Finalista brasileiro em 2019, o catarinense Leonardo ‘Venrar’ da Silva está de volta à competição. Outro que garantiu vaga entre os 32 melhores é o paranaense Felipe ‘Vipeeeer’ Moreira. Ele esteve presente na edição de 2017, quando parou uma fase antes da etapa mundial. Já o paulista Felipe ‘DAT BF’ Gonçalves, xará de brTT e representante brasileiro na fase global de 2018, também está na luta pelo título.

Considerado o maior torneio mundial de LoL x1 para amadores, o Red Bull SoloQ bateu o recorde do número de inscritos e, nesta fase, terá representantes de Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Desses competidores, os quatro melhores avançam à etapa brasileira.

Nesta temporada, o evento terá mais de 35 países participantes, e o modo de jogo é o x1, com blind pick. Vence aquele que derrotar os adversários por first blood, creep (minion) score de 100 ou ao destruir a torre do adversário. Países como Áustria e Romênia, por exemplo, já conhecem os seus campeões nacionais. O torneio ainda conta com a parceria da Riot Games e apoio da AOC.