Na procura de desafios com uma pegada dos games do passado, literalmente, a equipe composta por Leonard Menchiari, Daniele Vicinanzo e Giulio Perrone resgataram um clássico de 1987 para os dias de hoje com um trato no visual, mantendo sua pega original de pixel art, sem perder toda a atmosfera e desafio do original. Mas será que deu certo? Vamos conversar sobre "The Eternal Master [REMASTERED]".

História

[mensagem:início \] ANO 2XXX - ANTES DA QUEDA DA SOCIEDADE CYBER-NET EXTRA TERRESTREAL AS UNIDADES DE COLONIZAÇÃO HUMANA PUDERAM CONSTRUIR AS INSTALAÇÕES DE SOBREVIVÊNCIA PARALELA EM TORNO DE SEU PLANETA ROOT PARA RESTITUIR UM AUTO-SUSTENTÁVEL ECOSISTEMA NO ESPAÇO COM OS PRINCIPAIS SERVIDORES APÓS INÚMERAS GUERRAS GLOBAIS TODOS OS SISTEMAS FORAM DESLIGADOS E O PROCEDIMENTO NUNCA FOI RETOMADO ÁGUAS POLUÍDAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS GUERRA RADIOATIVA E AUSÊNCIA DE RECURSOS CAUSARAM A MAIORIA DOS HUMANOS RESTANTES PARA VOLTAR VÁRIOS ANOS ANTES DA EXTINÇÃO DA MAIORIA DOS RECURSOS RESTANTES NECESSÁRIOS PARA SOBREVIVÊNCIA AS UNIDADES DE VARREDURA FORAM ENVIADOS DE VOLTA À TERRA PARA RECOLHER MATERIAIS A FIM DE RESTAURAR AS INSTALAÇÕES DO ECOSSISTEMA AUTO-SUFICIENTE E CONTINUAR O PROCEDIMENTO EXTRATERRESTRE DE COLONIZAÇÃO UMA DAS UNIDADES FOI ENVIADA DE VOLTA À TERRA, MAS A UNIDADE NUNCA VOLTARIA HÁ MUITO MUITO TEMPO DESDE A ÚLTIMA VEZ QUE ESTAVA EM CONTATO COM ELA SEI QUE ELA ESTÁ EM PERIGO E SEI QUE PRECISA DE MINHA AJUDA PARA VOLTAR LÁ PELA MINHA PRÓPRIA UMA MISSÃO DE SUICÍDIO, MAS NÃO TENHO ESCOLHA SE EU VOU OU ELA MORRE [\ mensagem: fim]



O jogo

Na pele de Adam ou Eve, vemos nosso protagonista pegar a sua nave para partir em missão e ser abatido no ar e cai com nosso piloto sobrevivendo a queda com a clássica cena do paraquedas preso nas árvores. A partir desse momento paz, nunca foi uma escolha, quer dizer, dependendo das suas escolhas, caso você sobreviva ao tutorial.

Não é exagero sobre o tutorial pois ele mostra o básico para sobrevivermos desde a como olhar os obstáculos para passar por eles, como sair na trocação de soco sem perder a vida, uso de armas e a interação com os cenários.

Confia, não tem como cair

Falando nos cenários eles impactam desde a beleza para admirar algumas paisagens até o caos que pode nos levar em algumas fases, mais um vez, pela bela pegada visual e animação do clima que a fase passa.

Nossas escolhas ditam muito da dificuldade, ou não, em alguns momentos do game. Existem puzzles em que é possível escolher entre o "a violência resolve tudo" e o "sou mais invisível que o Snake na caixa de papelão". Em alguns momentos correr é literalmente a salvação.

Jogabilidade


Apesar de algo simples e intuitivo a principio, tudo que torna "The Eternal Castle [REMASTERED]" bonito e agradável (mesmo com a raiva de não passar de primeira por algumas áreas) a grande flechada no joelho que o jogo nos entrega é uma das mecânicas que mais pode salvar nossas vidas: o pulo.

Boa parte das ações vão pedir um pulo e o momento mais tenso são os pulos longos após a corrida do embalo. Confia, vai dar bom! Mesmo que a prática nos leve a um melhor domínio da arte do pulo, esse detalhe nos assombrará nos piores momentos.

Pulando para os combates temos socos, chutes e o uso de armas, de fogo e armas brancas, além de poder arremessar as armas brancas e pedras. O duelo também pode dar uma leve coisa em você, no entanto, quando você entende bem o tempo dos goles e o alcance, além da barrinha de "folego" para ações, você acaba se tornando um grande entendido do "footsies" do combate do game.

A salvação

Com um sentimento "Metroidvania roguelike" o remaster de "The Eternal Castle" consegue trazer bem a sensação dos desafios dos games do final dos anos 1980 e inicio dos 1990. O game é recomendado para amantes da nostalgia que os games de plataforma 2D trazem, reforçado pela pesada pixel art que tão bem ilustra os ambientes e dão impactos fortes para o que as cenas pedem do jogo, da paz ao terror.

"The Eternal Castle [REMASTERED]" está disponível para Nintendo Switch e PC (Windows/Linux/MacOS). A versão jogada foi via Steam.