Game of Thrones foi uma série repleta de momentos chocantes na HBO, com episódios como "As Chuvas de Castamere" e seu "Casamento Vermelho" sendo um dos mais inquietante da terceira temporada, apesar de alguns fãs não ficaram totalmente chateados com a morte de Catelyn Stark no episódio, já que nos livros de George R. R. Martin explicaram como ela acabaria retornando como Senhora Coração de Pedra apenas para a série omitir este fio narrativo encontrado no material de origem. 

No novo livro "Fire Cannot Kill a Dragon", os showrunners David Benioff e DB Weiss detalham que houve uma série de razões pelas quais eles escolheram evitar esse enredo, todos difíceis de ignorar, mesmo que desapontassem os espectadores.

Um fator para essa decisão foi potencialmente não interferir nos planos de Martin para a Senhora Coração de Pedra nos livros, com Benioff observando, por EW : “Parte da razão pela qual não queríamos incluir tinha a ver com coisas que surgiam nos livros de George que não queremos estragar [discutindo-os] ”.

Outra morte chocante foi quando Jon Snow foi morto pela Patrulha da Noite na quinta temporada, com os produtores já planejando ressuscitar o personagem e não querendo sobrecarregar o público com mais uma narrativa de ressurreição.


“Sabíamos que tínhamos a ressurreição de Jon Snow chegando”, explicou Benioff. “Muitas ressurreições começam a diminuir o impacto da morte dos personagens. Queríamos manter nossa pólvora seca para isso.”

No Casamento Vermelho vimos vários personagens morrerem, embora Catelyn Stark não tenha morrido sem levar alguns pro outro lado antes, com os produtores pensando que sua despedida teria diminuído se ela tivesse sido trazida de volta como Senhora Coração de Pedra.

“O último momento de Catelyn foi tão fantástico, e Michelle [Fairley] é uma atriz tão grande, trazê-la de volta como um zumbi que não fala parecia uma perda de valor”, admitiu Benioff.

Martin, por outro lado, esperava que esses pontos da trama ganhassem vida na série.

“Senhora Coração de Pedra tem um papel nos livros”, confessou o autor. “Seja o suficiente ou interessante o suficiente. Acho que sim ou não a teria colocado. Uma das coisas que queria mostrar com ela é que a morte que ela sofreu muda você.”

Há pelo menos 4 anos prometendo o livro e contando...


Felizmente, Martin pretende usar Senhora Coração de Pedra no próximo sexto livro de sua narrativa, The Winds of Winter, que ainda não tem data de lançamento.

via CB