A Netflix anunciou na noite da última terça-feira (8) o documentário BLACKPINK: Light up the Sky. Com lançamento em 14 de outubro, está é a primeira produção da plataforma focada em k-pop, que mostrará a jornada do quarteto sul-coreano até o show no Coachella 2019. Esta performance fez história, pois foi a primeira vez que um grupo de k-pop feminino subiu ao palco no icônico festival.
Light up the Sky promete mostrar entrevistas e imagens inéditas de Jisoo, Jennie, Rosé e Lisa até se tornarem o fenômeno global de hoje. O documentário vai exibir ainda, pela primeira vez, o processo de gravação do novo álbum, que será lançado este ano - e todos os altos e baixos de ser um grupo idol de k-pop. A direção é de Caroline Suh, com produção é de Cara Mones, e produção executiva de Jon Kamen, David Sirulnick e Zara Duffy, da RadicalMedia.

Confira a mensagem do BLACKPINK para os fãs sobre o documentário:

Mal podemos esperar para compartilhar as nossas histórias pessoais com os Blinks em todo o mundo por meio da Netflix! Nós esperamos que este filme traga alegria e luz para os espectadores, e eles gostem de ver nossa jornada juntas nos últimos quatro anos. 

O vice-presidente de documentários e séries da Netflix, Adam Del Deo, elogiou a diretora. Segundo ele, a relação próxima de Caroline Suh com o BLACKPINK consegue oferecer momentos orgânicos e honestos, e um olhar autêntico nas vidas das moças. "Estamos entusiasmados em trazer a história delas aos fãs em todo o mundo", completou Del Seo.

Via CB