Chegou o sextooou e, sendo véspera daquele dia lá, vamos com uma música que é muito boa para embalar a ocasião. É uma ironia que uma música chamada "Pelo Amor de Deus" possa ser boa para isso? Sim, mas o ato também é de Deus para que a espécie siga vivendo até algo nos extinguir. Até, você já agradeceu por viver parte da sua vida na mesma era que Steve Vai?



A composição da canção tem muitas histórias envolvidas para dar vida a obra mais famosa de Steve Vai. Ela foi composta no quarto do dia de um período no qual Vai ficou por 10 dias em jejum em busca de tentar "ficar em um estado alterado de consciência relativa, pois nesse estado, você pode apresentar coisas únicas, mesmo para si mesmo".

Cheias das técnicas possíveis e imagináveis, e também somente as que Deus Vai pode executar, "For the Love of God" é um dos maiores solos da história da guitarra pela votação da revista Guitar World em 2012 e no seu lançamento foi eleita melhor música instrumental do ano.

Sobre a música Steve Vai tem uma declaração bem interessante, e para ele, eu passo pano no sentimento de coach pois nessa época (aparentemente) não existiam:

"Esta música é sobre o quão longe as pessoas vão para o amor de seu Deus. Quando você se disciplina a parar de fumar, a correr mais rápido ou a jogar melhor, você tem que ir fundo dentro de você. E isso é um acontecimento profundamente espiritual. É assim que você entra em contato com esse pedacinho de Deus dentro de você. É isso que eu estava tentando conseguir com "For the Love of God" - eu estava tentando encontrar esse ponto!"

"For the Love of God" é a sétima faixa do álbum "Passion and Warfare" lançado em 1990.

E sim brasileirinho, experimente ouvir quando estiver naquele momento, confia!