Apesar de ser lançada em 2016 foi em anos recentes que "Batman - A Piada Mortal" ganhou mais visibilidade, em especial no Brasil, com os serviços de streamings e com uma exibição especial em cinema. Com histórico de acertar a mãos quando o tema é animação, será que a DC Comics fez um bom trabalho ao adaptar um dos quadrinhos mais icônicos para "Home Video" foi um acerto? Vamos falar sobre a adaptação e as diferenças entre ela e o material fonte.

Sinopse

O Coringa escapa e ataca o Comissário Gordon e sua família para tentar enlouquecê-lo. Batman precisará salvá-los.

Prelúdio da Piada (set up)


Como a Warner queria realizar o lançamento da animação para se enquadrar como um longa metragem "Batman - A Piada Mortal" acabou ganhando 20 minutos de material novo dedicado para o projeto, e assim, poder ser lançado no cinema. Ao todo o filme tem 1h14min.

O prologo pode despertar sentimentos divididos para quem for assistir. Para quem conheço o quadrinho, talvez sejam minutos que poderiam ser melhor utilizados e uma determinada cena não ter existido? Ou para quem está indo direto na animação ele cria uma empatia com Barbara Gordon (Batgirl), você também fica pensando sobre a cena se foi necessária, e depois fica com o sentimento de "ué?".

Para o bem ou para o mal, acabamos tendo duas história se assim podemos dizer com "A provação da Batgirl", e enfim, começar "A Piada Mortal".


O limiar da loucura e do risos (punch line)

Quando enfim chegamos na história dos grandes nomes a história começa com tudo, e, se você sabe sobre os acontecimentos com Barbara Gordon/Oráculo, já se prepara. Esse acontecimento, mais uma vez, gera uma reação dividida onde quem leu o quadrinho pode achar legal como as coisas ficam indiretamente ditas, enquanto quem não leu, fica pensando se aconteceu ou não... Aconteceu e pra krl.



Com o Coringa de volta aos holofotes de Gothan City, vemos como um dos maiores vilões da história do Morcego agindo e querendo provar seu ponto de que basta apenas um dia ruim na vida da pessoa, para que aquela tenha a chance de atravessar o limiar da sanidade e enlouquecer.

Você já sentiu algo assim?

Era uma vez... em Gotham


Com todo a trama que Coringa arma para mostrar seu ponto ao Batman, "A Piada Mortal" acaba reunindo diversos elementos e sempre que sua narrativa avança deixa um sentimento de não completo um arco, o próximo eu completo. Repete.

O prólogo poderia ser melhor trabalhado e até ter entregado outras coisas ou explorado melhor alguns feedbacks que existem ao longo da história, como o passado do Coringa mostrando o porquê ele acredita que um dia ruim pode acabar com qualquer sanidade no ser humano.

A relação entre Coringa e Batman acaba sendo um ponto muito interessante, e convenhamos, era isso que queríamos ver, especialmente o não fã de quadrinho mas conhecedor do Batman, ao ver que "A Piada Mortal" é algo grande na história do Morcego, gera um interesse maior do público que não é hardcore das páginas ilustradas.


O fim dessa piada? #descubra

A animação "Batman - A Piada Mortal" está disponível no Looke e você pode conferir clicando aqui. Se você gostou da indicação, também já falamos aqui de outra animação da DC que vale a pena para quem gosta ou deseja conhecer mais sobre Hal Jordan, o Lanterna Verde e o seu primeiro voo.