Em nota divulgada pelo CW nesta terça-feira (22), a emissora anunciou que Supergirl vai terminar na sexta temporada. Com estreia prevista para 2021, a temporada final da série terá 20 episódios, cuja produção começa no final de setembro. Até o fechando da matéria não foi divulgado comunicado da Berlanti Productions, que gerencia as séries do Arrowverse e outros projetos da DC, incluindo séries do DC Universe/HBO Max como Patrulha do Destino e Lanterna Verde.

Cancelada pela CBC após a primeira temporada, o CW comprou os direitos da série em 2016 e incorporou Supergirl ao Arrowverse. Aqui, Kara Danvers (Melissa Benoist) dividiu a tela com Arrow e The Flash, e mesmo em outra Terra, tornou-se uma presença marcante. Vale ainda lembrar que a série foi a primeira a ter uma heroína transgênero, interpretada pela atriz Nicole Maines.

No ano passado, Supergirl e Batwoman viraram o centro das atenções do CW. A emissora dedicou um bloco de sábado a noite para as duas séries, e as promoveu como o novo "World's Finest". Tudo mudaria este ano, entretanto, com Ruby Rose deixando o elenco de Batwoman.

Esta é mais uma despedida do Arrowverse. No ano passado, Arrow foi -ironicamente- a primeira série a deixar este universo, depois de oito temporadas. Enquanto isso, Legends of Tomorrow, Raio Negro e The Flash seguem na ativa, com a série do Superman e Lois Lane em desenvolvimento. 

Após a Crise nas Infinitas Terras, tudo mudou em Supergirl, com os heróis e vilões da Terra-38 agora parte do Arrowverse -oficialmente- na Terra-Prime. Assim, a segunda parte da quinta temporada tem em grande parte se dedicado a reconstruir a realidade pós-Crise, e como Lex Luthor (Jon Cryer) usou o evento para sua vantagem.

Via CB