Histórias de amor cativam os leitores há séculos. A estrutura leve de uma narrativa de romance com o tão esperado final feliz é usada há muito tempo e pode até mesmo ser considerada como algo saturado. Mas a verdade é que boas comédias românticas podem ser muito envolventes e uma ótima fonte de entretenimento. 

Considerando essa situação, separamos cinco livros nacionais desse gênero literário para você conhecer e se apaixonar. 


Como (quase) namorei Robert Pattinson 


Obra escrita pela escritora mineira Carol Sabar, a narrativa de Duda, fã convicta da saga Crepúsculo, é de rolar de rir. Com muito humor e um romance envolvente, o livro conta a história de Duda, brasileira que vai passar um tempo estudando em New York.

O que ela não esperava era conhecer Miguel Defilippo, seu vizinho na ilha de Manhattan e nada mais nada menos do que sósia do ator Robert Pattinson, pelo qual é obcecada. Apaixonante, lindo, rico, misterioso e ambíguo, Miguel acaba se tornando um desejo mais inacessível para Duda do que o próprio astro de Hollywood.


Horizonte Azul


Livro escrito por Natalia Moreno, autora paulista, Horizonte Azul conta a história de Antonella Collins, uma jovem que aproveita sua vida no conforto que a cidade grande e o dinheiro proporcionam. Herdeira de uma rede hoteleira e com o futuro garantido, abre mão do sonho de ser artista e concorda com um casamento arranjado para beneficiar os negócios da família. 

No entanto, de uma hora para outra, o que era para ser uma visita ao avô doente passa a ser o seu maior pesadelo: terá que abandonar sua rotina para viver em meio aos bichos e pessoas simples. Nesse cenário diferente, a vontade de pintar e o despertar de um amor irão mudar tudo.


Inesperadamente Você 


Neste romance da escritora carioca Deborah Strougo, temos a história de Alice Bastos, uma residente de pediatria que, após o pai sofrer um derrame, precisa se virar para pagar os custos do seu tratamento. Assim, ela decide vender a casa e morar em um local mais simples e próximo ao hospital em que ele está internado.

Quando surge uma oportunidade de comprar um ótimo apartamento com o preço em conta, Alice não pensa duas vezes antes de fechar o negócio. O que ela não esperava era ser vítima de um golpe que a obrigaria a dividir a moradia com Theo Leone, um profissional de TI arrogante, mal-humorado e bonito demais.


Sobre Enfermeiras e Postais 


Nessa obra leve e divertida, Rachel Fernandes, escritora de Porto Alegre, traz a história de Aurora, 29 anos, auxiliar de serviços gerais, que em um dia fatídico deixa as escadas escorregadias demais. É assim que Miguel, um executivo ranzinza, se acidenta e cai com tudo das escadarias, precisando assim de uma enfermeira para cuidar dele. Para não perder seu emprego, a protagonista aceita tomar conta do homem rabugento. 


Procura-se um marido 


Carina Rissi é um fenômeno literário. A autora paulista já vendeu 400 mil cópias das suas obras pelo mundo e seus livros são muito bem recebidos pela crítica. 

Em Procura-se um marido, conhecemos a história de Alicia, uma mulher rica, inconsequente, que adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte deste, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. 

Para receber seu dinheiro, a protagonista cria um plano maluco: contratar um marido de aluguel. 

Existem muitas críticas em relação ao gênero literário comédia romântica, como o fato de ser previsível e/ou superficial, mas a realidade é que um bom clichê é sempre uma boa pedida. Permita-se envolver e apaixonar pelos romances brasileiros aqui citados, você não vai se arrepender!