Um tribunal distrital na Holanda permitiu uma multa sobre os lootbox do FIFA, em outras palavras os pacotinhos de carta do Ultimate Team, após a EA contestar a decisão original. Um painel de três juízes determinou que a Autoridade de Jogo da Holanda (Kansspelautoriteit também conhecida como Ksa) pode prosseguir com a multa de € 10 milhões (aproximadamente US $ 11,6 milhões).
GamesIndustry.biz indica que a Ksa informou aos desenvolvedores em abril de 2018 que os pacotinhos eram violações da lei e deu oito semanas para tornar seus jogos compatíveis. A EA foi multada em outubro de 2018, mas a empresa contestou a multa. Com esta nova decisão, o tribunal determinou que a Ksa pode impor uma multa de € 5 milhões à Electronic Arts e Electronic Arts Swiss Sàrl, pelo total de € 10 milhões.

A EA agora tem seis semanas para apelar da decisão. Um representante disse à Eurogamer que planeja apelar.

A EA argumentou que os pacotes do FIFA Ultimate Team não podem ser convertidos em dinheiro e, portanto, não constituem jogos de azar e que não há evidências de que levem ao vício do jogo. A EA também argumentou que proibir os pacotes do Ultimate Team era uma violação de seus direitos de propriedade e liberdade de expressão.

O tribunal concluiu que as próprias pessoas podem lucrar com as cartas do Ultimate Team e que a prova do vício do jogo não é necessária para cada novo game. O tribunal também não foi influenciado pelos direitos de propriedade e pelos argumentos de expressão. Ele observou que o Ksa deu à EA a oportunidade de atualizar seu jogo, mas a empresa não o fez, e que o Ato de Apostas e Jogos permite que a agência pese o direito de uma empresa de se expressar contra o bem público.

"Os fornecedores do jogo são as partes que decidiram incluir um jogo de azar no jogo, infringindo a lei", disse o tribunal. "O Ksa apontou isso para a Electronic Arts Inc. e a Electronic Arts Swiss Sàrl repetidamente. A Electronic Arts Inc. e a Electronic Arts Swiss Sàrl são, portanto, elas próprias responsáveis ​​por mudar o jogo de forma que ele não viole mais a lei. Como exatamente isso fica a seu critério."

A preocupação com as lootbox e jogos de azar tem estado aos olhos do público, especialmente no que diz respeito ao risco que representa para menores. A EA recentemente entrou em apuros por causa disso também no Reino Unido, onde teve que retirar anúncios de lootbox de uma revista infantil. A empresa pediu desculpas pelo anúncio. A EA está planejando uma atualização para a próxima geração de consoles para o FIFA 21 em dezembro.