Mais uma vez na temporada de 2020 a Shell alcançou o lugar mais alto do pódio no automobilismo virtual. Erick Goldner, o primeiro e único piloto da modalidade a representar as cores da principal apoiadora dos esportes a motor no Brasil foi o responsável pela vitória.

Correndo em Virginia pelo Masters Of Track Pro Series 2020 Goldner teve vida difícil na primeira bateria. Um erro no servidor fez com que o piloto da Shell não marcasse volta de classificação, o forçando a largar do fundo do pelotão.

Goldner foi o principal escalador de pelotão da primeira prova, ganhou nada menos do que 14 posições, para pular de 24º até a 10ª colocação, que lhe garantiu largar da pole-position na segunda corrida.

Com o grid invertido, o carro #10 da Shell venceu de ponta a ponta, sem ter sua liderança ameaçada na corrida. Erick chegou a abrir vantagem superior a 05s para o segundo colocado. Com a vitória, Goldner assumiu a liderança do campeonato com 173 pontos, tendo sete pontos de vantagem para o segundo colocado, Eduardo Borgert.

O piloto que unificou os títulos de representante da Shell, Crown e W2 Racing também subiu ao pódio em outras duas etapas do campeonato, tendo ficado uma em cada degrau. Ele também conquistou em outras duas oportunidades o quarto lugar, aparecendo em todas as seis etapas dentro do top10.

Goldner ainda corre em mais três etapas no Masters Of Track Pro Series 2020 antes do encerramento do campeonato, o piloto busca seu terceiro título representando as cores da Shell no automobilismo virtual.

O que disse Erick Goldner:

“A primeira bateria foi estranha, iniciei o quali e o sistema não contava as parciais das voltas. Tive que reiniciar o jogo e não qualifiquei. Larguei do fundo do pelotão e tive que fazer uma corrida de recuperação. A segunda consegui sobreviver a primeira volta e manter a concentração para garantir a vitória. Queria agradecer também a Shell e a Crown e W2 Racing que me apoiam nessa iniciativa do automobilismo virtual.”