Em outubro, o drama queniano “Rafiki” e o suspense nacional “O Clube dos Canibais” estreiam nas plataformas digitais Looke, Now, Vivo Play, iTunes, Microsoft e Google Play. No dia 21, entra em cartaz “Rafiki”, primeira produção do Quênia a integrar a programação oficial do Festival de Cannes e, no dia 28, é a vez de “O Clube dos Canibais”, filme elogiado pelo público e, como “Rafiki”, premiado em festivais de cinema. 

Estrelado por Samantha Mugatsia e Sheila Munyiva, “Rafiki” traz a história de Kena e Ziki, duas garotas que se tornam amigas, apesar da rivalidade existente entre as famílias. Criadas para serem mães e esposas, as duas se apaixonam e têm de enfrentar os preconceitos inerentes ao ambiente conservador em que vivem. 

O filme, inspirado no conto Jambula Tree, da escritora ugandense Monica Arac de Nyeko, tem roteiro e direção de Wanari Kahiu. Apesar de ter sido selecionado para integrar a programação oficial do Festival de Cannes, em 2018, o longa não foi bem aceito em seu país de origem, devido às leis conversadoras em relação à homossexualidade.

O “Clube dos Canibais”, dirigido por Guto Parente, conta como o casal da alta sociedade de Fortaleza, Otávio e Gilda, que normalmente se alimenta de carne humana, entra em uma tremenda enrascada e passa a correr perigos inimagináveis. No elenco estão Ana Luiza Rios, Bruno Prata, Pedro Domingues, Tavinho Teixeira, Zé Maria.


Serviço:

“Rafiki” – estreia 21/10

Criadas para serem boas esposas e mães, Kena e Ziki anseiam por algo mais. Apesar da rivalidade política entre suas famílias, as garotas resistem e continuam sendo amigas próximas, apoiando-se mutuamente para perseguir seus sonhos em uma sociedade conservadora. Quando o amor floresce entre elas, as duas serão forçadas a escolher entre felicidade e segurança.

Direção: Wanuri Kahiu
Roteiro: Wanuri Kahiu
Elenco, Samantha Mugatsia, Sheila Munyiva, Charlie Karumi, Neville Misati, Nice Githinji
Distribuição: Olhar Filmes


“O Clube dos Canibais” – estreia 28/10

A maneira correta de temperar um churrasco a partir da carne dos empregados é uma das poucas preocupações na vida luxuosa do casal Otávio e Gilda. Até que Gilda acidentalmente descobre um segredo de Borges, líder do Clube e poderoso deputado, e a vida dela e de seu marido passam a correr perigo.

Direção: Guto Parente
Roteiro: Guto Parente
Elenco: Tavinho Teixeira, Ana Luiza Rios, Pedro Domingues 
Distribuição: Olhar Filmes


Sobre a Olhar

A Olhar Distribuição nasceu do desejo de buscar a pluralidade de experiências, de visões de mundo, de mostrar a diversidade que existe no contexto em que vivemos. Cada filme tem um universo próprio, repleto de cores, texturas, sorrisos, dilemas e culturas singulares. Nosso objetivo é respeitar cada obra e transpor as fronteiras que limitam os mundos ficcionais e reais, e levando-as a outros olhares, cercados de realidades distintas, a fim de sensibilizar e provocar a reflexão. 

Os filmes já distribuídos pela Olhar são: “Meu Corpo é Político”, “A gente”, “Ferrugem”, “Homem Livre”, “António Um Dois Três”, “Eleições”, “Dias Vazios”, “A parte do mundo que me pertence”, “Rafiki”, “Fernando”, “Meu Nome é Daniel”, “Nóis por Nóis” e “Alice Júnior”.