Lembra dele? Steve Perry, ex-vocalista do Journey, anunciou o lançamento de um novo álbum no dia 4 de dezembro. "Traces Alternate Versions And Sketches" trará versões acústicas de "Traces", álbum solo que o cantor lançou em 2018. "Estou muito satisfeito com a sonoridade e a simplicidade das músicas, letras e acordes," comentou Perry sobre o resultado do disco.

O vocalista também disse à Rolling Stone que tem se ocupado criando música desde abril, quando lançou um cover de "In My Room", clássico dos Beach Boys. “Eu tenho um estúdio e estou sempre escrevendo e gravando coisas. Tenho muita música, muita coisa."

"Traces" foi o primeiro álbum solo de Steve Perry em mais de 20 anos. Ele creditou o trabalho a sua namorada, a psicóloga Kellie Nash, que morreu em 2012 vítima de um câncer de mama. Ela o ajudou a recuperar a vontade de cantar, e o fez prometer não se isolaria de novo após a sua morte.

Em 2019, o cantor disse no "The Jim Brickman Show" que a recepção a "Traces" foi "realmente boa". Vale registrar que o álbum entrou em sexto lugar na Billboard 200, a melhor de Perry como artista solo, e obteve suas melhores classificações nas paradas no Reino Unido, Alemanha, Canadá e Japão. Mas não foi fácil, entretanto.

Depois de passar dois anos em luto, Steve Perry explicou que uma das razões para gravar o álbum foi prometer a si mesmo que não voltaria ao isolamento. A outra, era provar a si mesmo que ainda conseguia ter algum envolvimento criativo com a música. "No começo foi um desafio, por causa das novas tecnologias. Mas agora eu abracei tudo isso, e tenho um ótimo estúdio."

Perry se reuniu com o Journey pela primeira vez em anos com a introdução ao Rock And Roll Hall Of Fame em 2017. O cantor apareceu no palco com os ex-companheiros de banda enquanto cada um fazia seu discurso, mas não se apresentou com a banda posteriormente no evento.