O Brasileirão Rainbow Six Siege 2020 chega em sua reta final. Depois de pouco mais de quatro meses e 90 partidas, os fãs de R6 estão perto de conhecer o campeão do país na temporada. Team oNe, Ninjas in Pyjamas, Team Liquid e MIBR disputam neste fim de semana as semifinais da competição em busca de uma vaga na grande decisão, marcada para o dia 29 de novembro.

No sábado (21), às 14h, a Team oNe, dona da melhor campanha do BR6 na fase classificatória, enfrenta o MIBR, que quer surpreender depois de reagir na reta final do torneio. Já no domingo (22), também às 14h, Ninjas in Pyjamas e Team Liquid, campeões do Six Major, reeditam a rivalidade que tomou conta do cenário nos últimos meses. 

As partidas serão disputadas no formato MD3 e os vencedores se enfrentam no domingo (29), a partir das 13h, na grande final do campeonato. O público pode acompanhar todas as emoções dos playoffs do BR6 2020 nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.

Devido à pandemia de COVID-19, assim como nos dois turnos, as semifinais serão realizadas de maneira remota. Na decisão, os dois times finalistas estarão presentes na Max Arena, localizada no bairro da Mooca, em São Paulo. O evento seguirá todos os protocolos de segurança com o intuito de garantir a saúde e o bem-estar dos jogadores e da equipe de transmissão da Ubisoft.

O BR6 2020 dará uma premiação histórica de mais de meio milhão de reais. O campeão vai faturar US$40 mil (cerca de R$230 mil na cotação atual), enquanto o segundo colocado levará para casa US$16 mil (cerca de R$96 mil). Terceiro e quarto ficam com US$12 mil cada (cerca de R$69 mil). O restante do valor será distribuído entre as outras participantes do campeonato de acordo com o posicionamento final de cada equipe.

T1 quer coroar temporada de ascensão e MIBR busca surpreender - Team oNe x MIBR

O primeiro jogo das semifinais promete esquentar um duelo que ganhou ótimos capítulos na história recente do cenário competitivo de Rainbow Six Siege. Se depender do retrospecto, vantagem para os Golden Boys. Foram dois encontros no BR6 com um empate e uma vitória para a T1, que quase complicou a vida do MIBR nas rodadas finais da competição.

No Six Major de novembro, os dois protagonizaram uma prévia dos playoffs do BR6 que terminou com um triunfo por 2 mapas a 1 para a Team oNe em uma partida marcada por emoção e equilíbrio. A derrota levou o MIBR para a repescagem, em que o time se despediu do torneio com outro revés diante da Ninjas in Pyjamas.

Desta vez, o MIBR não quer dar chances para a rival. “Aprendemos muito com a derrota do Major e tenho certeza que será totalmente diferente desta vez. Temos capacidade e ainda mais chances para ganhar o Brasileirão agora que o time está muito mais tático e amadurecido”, conta Jayme “Cyber”.

A Team oNe, no entanto, não deve oferecer muitas brechas ao adversário. Com apenas três derrotas no BR6, o time alcançou a final do Six Major LATAM de novembro e mostrou que a inexperiência da equipe pode ser superada com um estilo de jogo agressivo. Agora, o objetivo é coroar uma temporada de muita evolução para a jovem line-up da T1.

“Tanto nós como o MIBR somos times bem imprevisíveis dentro de uma partida, então os jogos tendem a ser bem frenéticos com muitos erros de ambas as partes. Tenho certeza que será uma grande partida e espero que a gente consiga se classificar para a decisão”, analisa o coach da T1, Matheus “Budega”.

Liquid defende título do BR6, mas precisa parar ímpeto da NiP - Ninjas in Pyjamas x Team Liquid

No dia seguinte será a vez de Team Liquid e Ninjas in Pyjamas colocarem em jogo toda a rivalidade construída nos últimos meses com duelos decisivos ainda na 11ª temporada da Pro League LATAM e que se estendeu para o BR6 e nas duas edições do Six Major Latino-americano.

Enquanto a Team Liquid levou a melhor na PL e no Major de novembro, a NiP ficou com o título do torneio em agosto o que deve transformar o confronto em um dos mais tensos e equilibrados de 2020. 

Liderada por Gustavo “Psycho”, a NiP busca uma revanche e tem a seu favor a grande fase vivida pelo time que emplacou uma série de 21 jogos de invencibilidade na temporada, encerrada justamente pela rival das semifinais do Major. No BR6, o time ainda não foi derrotado e é dono da maior porcentagem de vitórias nas rodadas de ataque e defesa ao lado da T1, além de liderar estatísticas como eliminações iniciais, headshots e saldo de K/D.

“Diferente do Major, desta vez sentimos a necessidade de rever algumas táticas que já ficaram velhas e mudar nas semanas que tivemos de preparação para as semifinais do BR6. Precisamos principalmente focar e se dedicar ainda mais”, afirma João “Kamikaze”.

Do outro lado, a Cavalaria marcha mais confiante do que nunca. Além do título recente do Major a seu favor, a equipe conta com o destaque dos seus dois entry fraggers: André “Nesk” e Luccas “Paluh”. A ‘dupla dinâmica’ possui o maior número de eliminações do BR6 2020 (722 na somatória total).

“Devemos nos comportar da mesma maneira que no jogo contra eles do Major. É importante mantermos o mesmo foco para alcançar tal rendimento. O segredo para o bom desempenho que eu e o Paluh temos apresentado é mantermos uma boa rotina de treinamentos, além das horas extras que passamos no R6”, diz Nesk.

 

Confira a tabela de jogos dos playoffs do Brasileirão Rainbow Six Siege 2020:



via Press FC