A Google está alterando sua política de armazenamento para contas Google. Em texto publicado no dia 11 de novembro, cujo trecho só agora chamou a atenção, foram estabelecidas novas regras para contas do Gmail, Fotos e Drive inativas. Contas do Google Planilhas, Documentos, Formulários, Apresentações, Desenhos e arquivos do Jamboard também serão afetados.

O que vai acontecer?

Se o usuário estiver inativo em um ou mais dos serviços listados por 24 meses (2 anos), a empresa pode deletar os arquivos na respectiva conta, a partir de 1 de junho de 2021. De forma similar, caso o usuário tenha estourado o limite de armazenamento grátis de 15 GB, e a conta esteja inativa pelo mesmo período, a companhia irá deletar conteúdo no Drive, Fotos e Gmail.

O que você precisa fazer

A forma mais fácil de não perder acesso a suas contas Google, é acessá-las de tempos em tempos pelo celular ou navegador. Segundo a empresa, os usuários serão notificados várias vezes antes de suas contas ou conteúdo serem removidos. Isso dará tempo para encontrar uma solução, incluindo utilizar o Gerenciador de Contas Inativas do Google.

Com o serviço, que é gratuito, é possível gerenciar determinados conteúdos nas contas, e notificar um contato confiável se a conta estiver inativa por 3 a 18 meses.

Gerenciando seu armazenamento no Google

Existe ainda um gerenciador de armazenamento do Google, que ajuda a administrar de forma simples o conteúdo no Drive, Fotos e Gmail. Para acessar, basta baixar o app Google One no celular, ou acessar a versão web no PC. O gerenciador permite deletar arquivos desnecessários e ganhar mais espaço, com opção de upgrade para um plano pago com opções a partir de 100 GB.