O momento chegou! Prepare seu celular para mais uma aventura de hack no mundo moderno, e dessa vez, o chamado nos leva a Londres que passa por um momento bem diferente do que você pode ter conhecido um dia, ou, com seu histórico de atleta dos hacks, já pode imaginar o trabalho que a DedSec pode vir a ter. Bem vindo ao Watch Dogs Legion.

A Londres do futuro

O Reino Unido se vê no momento com um regime mais autoritário e com pouca liberdade para os cidadãos com o forte uso do ctOS vigiando as ruas. Se antes o drama era fugir das câmeras de seguranças espalhadas pelas ruas, agora, elas ganham reforço dos drones. Não apenas para vigiar, se for preciso, eles também entram em combate.

Para descobrir os reais planos reservados parao Reino Unido, nossa aventrua se passa em Londres onde mais uma vez, nos colocamos no papel da DedSec na busca pela verdade e derrubar os responsáveis por caos que pretendem realizar a começar pela cidade.

Dessa vez a resistência não tem uma cara conhecida para representar, quer dizer, temos NPCs importantes que nos ajudam, nos guiam e passam missões para serem realizadas pela cidade, porém, os recrutamentos são um dos diferenciais dessa nova jornada em Watch Dogs Legion.

NOSSO protagonismo

Se no primeiro Watch Dogs assumimos o papel de Aiden Pearce e no Watch Dogs 2 o papel de Marcus Holloway, agora a história é diferente. Literalmente qualquer um que tenha interesse em derrubar a tirania que está sendo realizada com o atual uso da rede ctOS, é mais do que bem vindo.

Essa é um dos pontos que dividiram os jogadores quanto a encararem esse ponto do jogo que acaba sendo um dos motores para a história avançar, além de, nos permitir uma cara mais personalizada para seguir as narrativas. talvez tenha sido consenso iniciar com "Dona Neide".


Essa alta variedade de NPCs que podem ser o seu protagonista é até interessante por um lado, afinal, a história será a mesma mas o heróia dela? Depende unicamente de você e isso nos leva para as novidades do gameplay.

Piloto de drone

Como um dos jogos com foco em tecnlogia no catálogo da Ubisoft, que podemos dizer que possuí um game fixo para algumas ideias, Watch Dogs Legion se rende de forma muito forte ao ataques dos drones pelas ruas. Se na vida real é um forte desejo de algumas empresas, e utopia para o serumaninho normal, nas ruas da Londres futurista eles são realidade.

Uma das cenas mais comum será vermos os drones realizando entregas pelas cidade ao melhor estilo que vai lembrar aquela empresa dona de um site de stream roxa e que você escorrega o seu por ai, e outros que são vigia auxiliando no serviço da polícia, e de pessoas que não deveriam, mas, conseguem acesso aos drones.

Outra realidade são os carros autônomos para desespero do pai da bebê androide humana. Nesses pontos o game mudou um pouco nossa liberdade de hack por mais que tenha aumentado as opções. Ou será uma falsa sensação de aumento?


Para alguém que era muito acostumado com um botão totalmente dedicado ao hacke acontecer na hora, o novo método nos previne de fazer jogada errada. Ainda temos um botão destinado, contudo, ele apresenta algumas opções para escolher o que queremos fazer com o aparato hackeado. Isso evita matar civis sem querer, algo que era muito comum no primeiro game.

Com isso teremos opções dedicadas para cada situação como as armadilhas sendo armadas, usadas como isca ou explodindo direto; os drones podendo serem sabotados ou mesmo utilizado como seus olhos; causar o terror no trânsito; dirigir os carros pelo telofone e a clássica invasão para realizar missões de infiltração.

A vida divertida de Londres

Como é de se esperar para aqueles que conhecem os mundos criados por Watch Dogs, temos alguns mini-games espalhados pela cidade divididos entre momento de se distrair um pouco pela cidade de Londres. Dos pubs às rinhas clandestinas, o game poderá facilmente te tirar do caminho mais "reto" da história.


Algumas dessas atividades aparecem para ajudar a desenvolver a história. Como todo NPC é um recruta em potencial, cada local com suas atividades pode ter alguma pessoa com uma habilidade que você precisa para reforçar suas armas para auxiliar no DedSec.

Quando não estamos trilhando a história os pubs são um bom passatempo regados a muita cerveja e jogatina, e claro, o álcool afeta o personagem fazendo o clássico efeito da gamera desfocar um pouco, ficar em movimento e aplicar um atraso na respostas dos comandos ao realizar ações com o personagem.

Hackers

Se você já é acostumado ao universo do game Watch Dogs Legion vem com um respiro um pouco diferente para tudo que vimos ao longo da série com a ideia de não ter um protagonista fixado. sobre o desenvolver da história e ela em si, vamos falar em um outro momento.

Para quem nunca jogou algum game da série, Watch Dogs Legion pode ser uma opção interessante e o ponto do protagonismo não mexa com você, afinal, não existirá um saudosismo à Aiden Pierce por exemplo. 

Aos que estão acostumados com o universo do game, a curiosidade eexploração em Legion vai render momentos de entretenimento e a história dependede como um será tocado com o chamado do DedSec contra a nova ameaça.

A versão jogada foi de Xbox One