A NFA Feminina finaliza a segunda rodada com a tabela de classificação se consolidando para a final. Nessa semana, os grupos A X C e B X D jogaram, com destaque para os times que, até então, não tinham emplacado boas partidas.


A competição caminha para o final, faltando apenas mais uma rodada para definir os 12 times que disputarão a taça, no dia 18 de dezembro.


Confira tudo o que rolou na semana:


Booyahs equilibrados em todas as quedas


As partidas da quarta-feira da NFA Feminina mostraram que os times da parte de baixo da tabela de classificação estão rushando em busca de pontos. O destaque foi a Ninjas, que durante a quarta queda se saiu bem e conquistou o booyah, o primeiro da equipe desde o começo da NFA Feminina.


Além disso, os times da Up Gaming, Las Grandes, Anarchysons e Rubro Negro também levaram o booyah nas demais quedas.


Ao final da noite, a Up Gaming subiu para o TOP 1 com 324 pontos, sendo seguida bem de perto pela Rubro Negro e Las Grandes.


Predators e KOF dominam a noite


Para fechar a sexta-feira, 11 de dezembro, as equipes da KOF e Predators mostraram a que vieram e conquistaram dois booyahs cada. Dessa forma, apenas a PM Girls garantiu uma boa partida e marcou booyah.


Por fim, a disputa pelo TOP 3 da tabela de classificação ficou ainda mais acirrada e intensa entre os times!


Tabela de classificação e MVP


Se tem uma coisa que a NFA Feminina tem rendido é uma tabela de classificação cheia de mudanças! Mesmo com alguns times se destacando desde o primeiro dia, a diferença de pontuação é pequena.


Desta forma, o campeonato finaliza a segunda rodada com a equipe Faz o P em primeiro lugar, somando 382 pontos. O TOP 3 também conta com os times Predators e Up Gaming.


Confira a tabela:



E quando o assunto é MVP (Most Valuable Player), também temos uma diferença de kills bem pequena. Em primeiro lugar, a jogadora ISA13 está com 25 abates, sendo seguida pelas jogadoras IsaX, Gabzinha, Maryy$ e Isaah. Confira o MVP:



Em busca da classificação


Para a final da NFA Feminina, apenas 12 times irão se classificar. Sendo assim, os outros 12 times ficarão de fora, fazendo com que os últimos dias de classificatórias sejam decisivos.


Para Luisa Saro, caster da NFA, “deixar para o final a recuperação na tabela é bem arriscado. Isso porque, além de pontuar muito, o time também tem que torcer pelo mal desempenho dos outros”.


Entretanto, nada é impossível, pois a NFA já foi marcada por recuperações quase impossíveis dos times. Mas se tem uma coisa que a caster pontua sobre essa edição da NFA Feminina, é o crescimento do cenário.


“Vemos muita evolução das meninas, principalmente falando de game! Estão muito agressivas e muito inteligentes, estrategicamente falando! Sempre foram, mas nessa Season estão impecáveis! Não só elas, mas toda a comunidade do Free Fire, que está bem mais receptiva. Está sendo muito legal de ver!”, conclui Luisa.


As transmissões da NFA Feminina acontecem todas às segundas, quartas e sextas, a partir das 20h, nas plataformas da BOOYAH! e YouTube.


via Lado C