O natal é a data do ano que eu mais gosto, então resolvi trazer um review bastante especial. No fim de novembro Tarja Turunen re-lançou o álbum From Spirits and Ghosts, com o Christmas Together - Live at Olomoc and Hradec Krávolé 2019 no CD2. Este é o primeiro álbum natalino ao vivo da cantora, e é o que você espera de tudo feito por ela: no mínimo muito bom. Já demos uma palhinha do que vinha por aí com o Play de Feliz Navidad. Agora, vamos conversar sobre essa outra pérola.


A deusa se manifesta de muitas formas

Soltar o Play em Christmas Together é ser transportado para outra dimensão. Nessa dimensão não tem Covid, Bolsonaro, textão de Facebook nem Twitter. É você, a Tarja e seus músicos, e o começo de uma bela viagem musical mágica.

O álbum tem uma mistura de influências, o foco delas sendo obviamente o clássico. Mas também tem o Q "gótico" do From the Spirits and Ghosts, e uma pitada rock que várias vezes lembra os instrumentais atmosféricos do Pink Floyd. Você se sente flutuando do início ao fim do álbum, imerso nas melodias, na voz melodiosa e potente da Tarja - além do sotaque. Eu adoro. A Tarja é dubladora de filme da Disney e não sabe. (haha)


Obrigatório para fãs e curiosos

Eu ainda não bem caí de cabeça no lado clássico da carreira da Tarja, um erro que eu confesso pra você não repetir. Christmas Together é obrigatório para quem só conhece a cantora pelo lado metal e rock, e até para quem nem conhece a finlandesa: vai ser amor a primeira ouvida. É incrível como um álbum é capaz de passar tanto carisma, mas é sabido que a Tarja é a mais simpática. Então não espanta.

O álbum foge até um pouco do inglês, com três faixas em finlandês: Sydämeeni Joulun Teen, Tonttu e Varpunen Jouluaamuna. É um idioma de pronúncia engraçada e bastante diferente, é curioso. Bem legal de ouvir.

Infelizmente não sei quem são os músicos envolvidos, mas eles também merecem destaque. Eles são igualmente impecáveis na performance, criando o sentimento de "natal dark". É muito gostoso como as partes clássica e rock/pop se combinam nesse álbum, com momentos emocionantes, felizes, de parar e só prestar atenção. Um ótimo exemplo disso é a abertura Pie Jesu, totalmente instrumental.


Em Christmas Together você vai encontrar

- Uma atmosfera natalina diferente do tradicional

- A "Ave Maria Gótica" (a versão da Tarja)

- Excelentes rendições de Silent Night e Amazing Grace

- Porque eu sempre choro com a Tarja cantando Have Yourself a Merry Little Christmas

- Músicos da melhor qualidade

- Uma das minhas vozes favoritas


Veredito

Ainda deve existir essa galera que gosta de apontar defeito e vício vocal na Tarja. Que ela tem eu não duvido, mas vou te contar: não quero saber e tenho raiva de quem sabe, heh. O bem que a voz dessa mulher e a simples existência dela fazem pra minha vida, é imenso. É um talento que você se encanta fácil, é um carisma apaixonante.

Plus: muitos de nós, meros mortais, não tivemos a chance de assistir uma turnê de natal da Tarja. É um momento no calendário da finlandesa já bem tradicional, mas que ainda era um #descubra. E como nós estamos carentes de energias boas nessa vida, de esperança, Christmas Together cumpre ainda melhor o seu papel.


Em off

Antes da gente curtir o álbum, recomendo assistir esse vídeo. Nele, a Tarja fala sobre o que inspirou ela a gravar o From Spirits and Ghosts, um sentimento que se estende ao Christmas Together:


Solte o play*

(*O álbum não está disponível no Youtube, então vamos ficar com o player do spotify)