A V-Tuber sensação da Twitch, CodeMiko, foi banida da plataforma temporariamente em 19 de janeiro. Desde então, ela se abriu sobre as razões por trás de seu ban, e quando ela retornará às streamings.
CodeMiko, que tem mais de 350.000 seguidores na Twitch, foi banido em 19 de janeiro. Foi seu terceiro banimento em um ano, no entanto, foi longo o suficiente entre seus dois banimentos anteriores em setembro de 2020 para garantir um permanente.

Enquanto a especulação corria solta, Miko estava atualizando sua transmissão para seu eventual retorno no tempo de inatividade. No entanto, ela finalmente descobriu o verdadeiro motivo de seu ban⁠ - e não foi apenas por dizer "simp".

CodeMiko banido por vazar e-mail, sem dizer “simp”

Enquanto as primeiras suspeitas eram de que a streamer foi banida por dizer “simp” na transmissão ⁠— o termo foi oficialmente banido no início de janeiro ⁠— Miko esclareceu isso rapidamente após seu banimento.

Em vez disso, ela foi banida por vazar informações privadas de uma streamer, incluindo seu nome completo e e-mail. Esta prática de doxxing é uma violação dos termos e serviços, mesmo que não tenha havido malícia. Miko aceitou a proibição totalmente.

Doxing (de dox, do inglês, docs, abreviatura de documents), ou doxxing, é a prática virtual de pesquisar e de transmitir dados privados (especialmente informações pessoalmente identificáveis) sobre um indivíduo ou organização.


“Durante uma entrevista, uma streamer feminina e eu estávamos conversando sobre assédio feminino online e perguntei a ela qual foi o pior comentário que ela já recebeu. Quando vi o e-mail, foi muito ruim e foi mais uma ameaça do que um comentário”, disse ela.

“Pela minha experiência, ameaças quase nunca são enviadas do endereço de e-mail real de um usuário, mas exibir a captura de tela me baniu. Eu só queria esclarecer o assédio que as streamers enfrentam e não tive a intenção de violar os termos.”



CodeMiko pleneja retorno à Twitch dia 5 de fevereiro

CodeMiko retornará ao Twitch em 5 de fevereiro, 17 dias após o início de sua suspensão. Isso provavelmente indica que ela foi afastada por 14 dias, mas está fazendo uma pausa extra para anunciar seu retorno.

Ela declarou que voltaria com algumas “coisas novas para mudar o jogo”, incluindo um game show completo, convidando alguns dos maiores streamers da Twitch para participar.

Embora as streams de entrevistas sejam seu foco - trazendo diferentes criadores de conteúdo para um bate-papo sobre uma ampla gama de coisas - o streamer também tem outros planos.

“Ei pessoal, atualmente estou criando um jogo de Pokémon streamer,” ela tuitou, perguntando se algum streamers queria se envolver e ser usado como Pokémon para que ela pudesse pegá-los todos.

Não há como dizer se seus planos Pokémon estarão em vigor para seu retorno, entretanto, muitos streamers registraram seu interesse.

Teremos apenas que esperar para ver o que Miko traz quando ela retornar no início de fevereiro. Com certeza será interessante, independentemente.