O professor de literatura Cosme Alves publicou “As tartarugas aprendem Bhaskara” no último ano pelo Grupo Editorial Coerência. O livro de estreia do autor foi indicado para a categoria de Melhor Capa no prêmio Coerência Choice Awards 2020.

Com muita diversidade, o livro narra a história de Vinícius, que é novato, mas que se aproxima do garoto mais recluso da escola. A amizade logo se transforma no primeiro amor e, em meio a isso, grandes segredos precisam ser guardados. “A ideia surgiu quando participei de um clube de leitores chamado Entre Páginas, percebi que muitas histórias que liamos não falavam da realidade dos leitores”, comenta Cosme Alves. Ele ainda conta que “As tartarugas aprendem Bhaskara” surgiu após perceber que seus alunos precisavam de histórias mais reais.

O livro continua entre os mais comentados dentro do painel de análises da editora e o autor, que comenta sobre literatura nas redes sociais, já está escrevendo mais um original.

Sinopse: A chegada de Vinícius à cidade interiorana de Bela Serra vai colocá-lo no caminho de duas pessoas: Lúcia, uma garota cercada de mistérios, e Guilherme, o vizinho recluso que tem um passado tão cheio de cicatrizes quanto sua alma. Enquanto buscam resolver um conflito nada peculiar, os três descobrirão algumas coisas estranhas: os pássaros desta história precisam de gaiolas, gatos e vinhos são ótimas companhias depois de um dia de trabalho, pessoas que pouco falam são as que mais têm o que dizer e, por fim, o amor não tem nada de humano, ele é uma força da natureza, imprevisível e incontrolável.

Sobre o autor: Cosme Alves é universitário preguiçoso, pai da Patrícia e bookaholic assumido, como se denomina na sua biografia do Instagram, na qual posta fotos e expressa suas opiniões acerca dos livros que lê. Além disso, adora postar stories de sua gata, Patrícia. As tartarugas aprendem bhaskara é seu romance de estreia e mesmo com trinta e um anos não tem vergonha de admitir que, até hoje, não aprendeu a resolver a equação.