A HP Inc. anuncia uma conquista importante na área de sustentabilidade. A empresa agora utiliza 40% de conteúdo reciclado em peso de plástico, proveniente de impressoras e outros eletrônicos, na fabricação das multifuncionais tanque de tinta HP no Brasil, superando a meta inicial para o ano de 2020, que era de 32%. O índice foi alcançado em setembro, após muitas pesquisas para atingir as especificações técnicas necessárias para a introdução da resina na cadeia de produção. Ao todo, mais de 630 toneladas de plástico foram recicladas nesse projeto.

O projeto de inserção de materiais reciclados na fabricação das impressoras HP Smart Tank começou em 2017, quando a HP Inc. atingiu a meta de 12% do total de insumos. Em 2018, o número cresceu para 17% e, em 2019, chegou a 23%. “Estamos muito satisfeitos com essa conquista, que foi muito além das nossas metas iniciais.

A reinserção de plástico na cadeia de produção requer muitos esforços e a colaboração das nossas cooperativas parceiras foi fundamental para alcançar essa marca. “Temos metas ambiciosas de reciclagem para este ano e seguimos trabalhando para superá-las. Estamos comprometidos em cuidar de nosso planeta, assegurando que nossos produtos sejam desenhados para contribuir para uma economia circular, mais eficiente, de baixas emissões de carbono, e assim, ajudar nossos clientes a atingir seus objetivos de sustentabilidade”, diz o gerente de sustentabilidade para a HP Brasil, Armando Vazquez.

A HP trabalha há mais de 29 anos (desde 1991) com a reciclagem de cartuchos de tintas e toner, através do programa global HP Planet Partners. No Brasil, são mais de 400 pontos de coleta, além do atendimento domiciliar que pode ser agendado no www.hp.com.br/reciclar, de forma totalmente gratuita para os clientes da marca.