A Razer, marca líder global em estilo de vida para gamers, acaba de anunciar dois novos conceitos na CES 2021, principal evento de tecnologia do mundo, que neste ano acontece totalmente on-line. São eles: o Project Hazel, uma máscara facial inteligente e social, e o Project Brooklyn, uma cadeira gamer compacta e totalmente integrada que eleva o nível de imersão a um novo patamar.
Os projetos conceituais da Razer são resultados de pesquisas de inovação realizadas pelas equipes de design e engenharia da empresa e utilizados para avaliar o feedback da comunidade e direcionar o futuro portfólio da marca. Projetos conceituais anteriores da Razer chegaram a ser lançados no mercado ou tiveram diferentes recursos aproveitados em outros produtos.

A máscara inteligente tem como objetivo melhorar a conveniência do uso deste acessório no dia a dia e ao mesmo tempo superar desafios comuns da interação social. Já a nova cadeira gamer oferece imersão em larga escala com recursos hápticos, gráficos e de iluminação em um formato totalmente flexível.

Para ter uma prévia exclusiva desses conceitos, a Razer convida a todos os participantes da CES 2021 e a comunidade gamer global para participarem do evento RazerStore Live, que vai acontecer hoje, 12 de janeiro, às 15h, com transmissão simultânea nos canais do YouTube, Twitch e Facebook da Razer. Abaixo, seguem mais detalhes sobre o Project Hazel e o Project Brooklyn.

Projeto Hazel - A máscara facial mais inteligente do mundo



Desde o início da pandemia, a Razer tem sido proativa na luta contra a covid-19, incluindo a adaptação de suas instalações fabris para produzir máscaras médicas certificadas e a doação de 1 milhão de máscaras cirúrgicas para profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate ao vírus, pelo programa Razer Health. A máscara inteligente multiuso Project Hazel da Razer é uma evolução natural desta iniciativa, e tem ênfase na higiene e na preparação contra riscos de saúde inesperados, além de questões ambientais relacionadas às máscaras descartáveis.

Preparando ainda mais os consumidores para a nova realidade pós-pandemia, o Project Hazel tem proteção respiratória do mesmo nível das máscaras médicas N95, ventiladores ativos removíveis e substituíveis ​​e Smart Pods que regulam o fluxo de ar para promover uma respiração ideal. Seus Smart Pods de alta eficiência de filtragem bacteriana (BFE) detêm pelo menos 95% das partículas transportadas pelo ar e têm alta resistência a fluídos.

Para melhorar a interação social, o Projeto Hazel tem design claro e transparente que permite às pessoas próximas verem os sinais faciais do usuário, como um sorriso ou risada, e aos deficientes auditivos fazerem leitura labial. Luzes internas são ativadas automaticamente no escuro, permitindo que os usuários se expressem de forma clara, independentemente das condições de iluminação.

Além disso, como as máscaras também podem abafar as vozes, uma nova tecnologia patenteada Razer VoiceAmp utiliza um microfone e um amplificador embutidos para aprimorar a fala do usuário e proporcionar uma comunicação melhor enquanto mantém o usuário seguro em situações sociais.

Para reduzir os resíduos gerados com máscaras descartáveis, a máscara inteligente Project Hazel conta com ventiladores substituíveis​​do tipo disco, que podem ser higienizados de bactérias e vírus quando colocados dentro de sua caixa de carregamento rápido, sem fio e de dupla finalidade, com desinfetante de luz UV. Indicadores de iluminação mostram os níveis dessa carga, e uma bateria de longa duração permite ao usuário ficar com a máscara durante todo o dia. Feita com plástico sustentável, o Project Hazel é impermeável e resistente a riscos.

A máscara inteligente é revestida de silicone e proporciona bastante conforto com tecnologia de resfriamento e regulação de ar ativo, trazendo ar fresco e liberando CO2. O resultado é uma vedação hermética de suas alças ajustáveis, permitindo ajustes de tamanhos personalizados tanto para segurança quanto para evitar a obstrução da boca. Pensando no entretenimento e no estilo, os usuários podem ativar duas zonas de iluminação com Razer Chroma RGB personalizáveis, ​​que oferecem 16,8 milhões de cores e um conjunto de efeitos de iluminação.

O conceito de máscara inteligente continuará sendo otimizado por meio de testes rigorosos e feedback dos usuários a fim de garantir conformidade de segurança, máximo conforto e usabilidade. Melhorias de design também serão contínuas para dar suporte às necessidades do usuário e agregar valor sem comprometer a funcionalidade e o desempenho do produto. O Project Hazel será fundamental para o apoio contínuo e compromisso da Razer com a saúde pública e segurança da comunidade

"A Razer reconhece a incerteza no caminho à frente e, por isso, é nosso dever ajudar a proteger os membros de nossa comunidade preparando-os contra ameaças invisíveis", disse Min-Liang Tan, cofundador e CEO da Razer. "O conceito de máscara inteligente do Projeto Hazel pretende ser funcional, mas confortável e útil para interagir com o mundo, mantendo sua proposta de sociabilidade".

Projeto Brooklin - Imersão de próxima geração

Projetada para todos os tipos de jogadores e para caber em qualquer quarto ou sala convencional, o design conceitual da cadeira gamer Project Brooklyn é ergonômico e tem potencial completo de entretenimento, oferecendo imersão de tirar o fôlego em jogos de PC e console.

O Project Brooklyn é uma cadeira gamer de alto desempenho desenvolvida com fibra de carbono e iluminação RGB, que se transforma facilmente em uma grande e envolvente estação de jogos. Conta com visual panorâmico a partir de monitores curvos de 60", feedback tátil embutido no assento, e apoios de braço 4D que se estendem como mesas periféricas ajustáveis. Atualmente, o que se vê no mercado são apenas cadeiras all-in-one com assento estilo "cockpit", hardware tipicamente do tamanho de salas inteiras e custos astronômicos.

Com a inspiração de design do Razer Iskur, apresentado em outubro de 2020, o Projeto Brooklyn dá um salto à frente nos pontos de contato com usuário, conectando a cadeira à tela e aos seus componentes mais funcionais, como os apoios de braço. Ao mesmo tempo em que oferece conforto com almofadas macias de espuma de alta densidade que suportam o formato dos usuários, o encosto costurado em couro é construído em uma robusta estrutura de fibra de carbono para manter a postura perfeita dos usuários durante as maratonas de jogos.

A plataforma ajustável sobre a qual a cadeira está presa conta com um roteamento de cabos e segue as características de design do monitor Razer Raptor. Montada na espinha dorsal da cadeira e desdobrável com um simples toque de um botão, a tela OLED full surround de 60" oferece detalhes visuais de alta resolução e uma experiência panorâmica muito interessante. Quando não estiver em uso, todo o conjunto de display pode ser guardado atrás da cadeira.

Os apoios de braço 4D ​​acomodam perfeitamente as mesas dobráveis ​​com ergonomia flexível, permitindo que o usuário alterne facilmente entre jogos de PC com mouse e teclado e jogos de console. Existem painéis separados em cada apoio de braço, permitindo diferentes padrões ergonômicos de teclado e mouse.

Baseado no sucesso do protótipo háptico de áudio da Razer mostrado na CES 2019, uma nova integração nativa do Razer HyperSense foi desenvolvida em torno da estrutura da cadeira para atingir máxima imersão. Seus módulos de alta fidelidade ativados de forma independentes oferecem sensibilidade para as vibrações mais sutis sentidas durante o jogo, como pular na água ou o pousar em uma plataforma, por exemplo.

O Razer Chroma RGB também foi integrado na parte externa das almofadas do assento e pode ser personalizado com 16,8 milhões de cores, inclusive sincronizado com outros periféricos em mais de 150 games com essa tecnologia.

"O Projeto Brooklyn é um conceito empolgante, desenvolvido com a verdadeira essência de uma ilha de jogos totalmente envolvente", disse Min-Liang Tan. "Os visuais e o design funcional proporcionam alta ergonomia e uma experiência de jogo única."

A Razer continuará desenvolvendo conceitos de cadeira gamers, conduzindo testes com os melhores atletas e influenciadores de eSports para avaliar a viabilidade, conforto e desempenho dos produtos. O conceito do Project Brooklyn visa oferecer insights sobre como melhorar a mecânica e o design dos usuários para oferecer uma experiência de jogo mais envolvente e inspirar o crescente portfólio de cadeiras de jogos da Razer em um futuro próximo.

Para mais informações sobre os conceitos do Project Brooklyn e Projeto Hazel, visite https://www.razer.com ou sintonize a transmissão da RazerStore Live em 12 de janeiro, às 15h (horário de Brasília), por meio dos canais oficias da Razer no YouTube , Twitch e Facebook.

via Drone