O Daft Punk anunciou o fim nesta segunda-feira (22). Sucesso desde os anos 200, a dupla revelou o fim por meio de uma sequência batizada Epílogo, parte do filme Electroma, lançado pelo Daft Punk em 2006. Kathryn Frazier, representante do duo, confirmou a separação ao site da Rolling Stone, porém não deu maiores detalhes. 

Confira:


Ao longo de quase 30 anos, o Daft Punk se tornou um dos nomes mais aclamados da música pop. Guy-Manuel de Homem-Christo e Thomas Bangalter formaram o duo em 1993 e 1997 lançaram o álbum de estreia. Sucesso de público e crítica, Homework emplacou singles como Da Funk e Around the World.

Seria em 2001, com o lançamento do álbum Discovery, que o Daft Punk conquistaria de vez seu lugar na música com os sucessos Harder, Better, Faster, Stronger e One More Time. Nesta época, Homem-Christo e Bangalter adotaram o icônico figurino de robôs, que se tornaria o visual oficial do Daft Punk.

O terceiro álbum, Human After All, veio em 2005, e foi promovido com uma turnê ambiciosa. Ela teve início em grande estilo, com o Daft Punk sendo um dos headliners do Coachella 2006. No ano seguinte seria lançado o álbum ao vivo Alive 2007, com o registro do show na arena AccorArena em Paris, França.

Em 2010 o Daft Punk compôs a trilha sonora do filme Tron: O Legado, e em 2013 lançou o maior hit da sua carreira: Get Lucky, um pastiche disco com a participação de Pharrell Williams e Nile Rodgers. A música foi a porta de entrada para o quarto e último álbum, Random Access Memories. Uma homenagem à dance music, o registro faturou vários Grammys, incluindo Álbum do Ano.