A Xiaomi, terceira maior fabricante de smartphones do mundo, é a parceira do projeto Giganto. Assinado pela artista Raquel Brust, a obra tem a proposta de apresentar fotografias hiper dimensionadas para apreciação e reflexão do público em vias públicas. Por meio de retratos gigantes, produzidos com o smartphone Mi 10T Pro, a fotógrafa destacou histórias de quatro mulheres empreendedoras e empoderadas que fizeram a diferença na vida de outras pessoas utilizando a tecnologia. A inauguração da obra acontece em breve no centro de São Paulo.


Processo de produção. Habituada com grandes câmeras fotográficas, a artista Raquel Brust foi desafiada pela Xiaomi a produzir as fotografias das personagens da nova versão do projeto Giganto, utilizando os recursos do smartphone Mi 10T Pro, flagship da marca no país. “A experiência foi muito surpreendente. Utilizei o modo Pro do aparelho, que me permitiu regular todas as configurações como uma câmera profissional, o que foi muito bom, pois pude ter total controle do conteúdo que estava produzindo. Consegui trabalhar bem os tons de pele e sincronizar com as luzes profissionais que usei. O foco manual para o vídeo e foto é outro diferencial do smartphone, com uma profundidade de campo que garante um resultado incrível e muito profissional”, ressalta Raquel.

O smartphone Mi 10T Pro chegou ao Brasil em novembro de 2020 e é equipado com um potente conjunto de câmeras de até 108MP, com suporte de vídeo em 8K. O aparelho apresenta configuração fotográfica tripla, com uma câmera ultra grande angular de 13MP e uma câmera macro de 5MP. A câmera frontal é de 20MP. O sensor de 108MP combina 4 pixels em 1 único pixel maior ("quad-pixel"), para uma foto com resolução de 27MP no formato RAW, oferecendo infinitas possibilidades com muita qualidade. O dispositivo conta ainda com a emblemática plataforma móvel Qualcomm® Snapdragon ™ 865 5G, já compatível com a tecnologia 5G.

“É interessante que o aparelho oferece três lentes e não tenho o trabalho de ter que sair do lugar de onde estou fotografando para encontrar o melhor ângulo. Outro recurso que utilizei bastante foi a lente macro, que tem uma aproximação ótima e que traz muitos detalhes possibilitando um retrato mais intimista, o que é essencial para a proposta do Giganto”, acrescenta Raquel.

O projeto e a concepção. Idealizado por Raquel, jornalista formada pela PUC-RS, o projeto Giganto nasceu em 2008. O trabalho consiste em utilizar a arquitetura da cidade como suporte para uma exposição fotográfica que reage à paisagem e interage com o público de forma conceitual. Para a definição desse novo projeto, a artista juntamente com sua equipe realizou pesquisas visando identificar mulheres que utilizaram a tecnologia para que pudessem se conectar ao mundo e transformar e ajudar as pessoas por meio de suas iniciativas.

As personagens. Para a composição da obra, foram escolhidas quatro mulheres residentes de São Paulo, com histórias surpreendentes e inspiradoras. A trans e inovadora Maitê Schneider, a jovem empreendedora Flavia Rodrigues, a rapper e indígena Katu Mirim e a Dra. Larissa Cassiano são as protagonistas de enredos de superação e defesas de pautas importantes dentro da sociedade.

“O projeto Giganto materializa os recursos de primeira linha que o Mi 10T Pro oferece ao usuário. Um conjunto de câmeras completo e um excelente processador, tecnologias que permitem chegar a um resultado realista, detalhado e criativo para fins profissionais e pessoais”, afirma Luciano Barbosa, head do projeto Xiaomi Brasil.